Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

terça-feira, 21 de agosto de 2018

Um reencontro repleto de orgasmos e squirts nesta tarde linda!

Boa noite pessoas lindas!
Agora à tarde reencontrei um parceiro delicioso que estava há um tempo sem vir encontrar-me. Ambos fizemos algumas tatuagens neste período. Eu, várias, diga-se de passagem. 
Ele é um encanto, além de ser lindo. (Acho que homens lindos que não "se acham" a última garrafa de água do deserto ficam ainda mais lindos, é o caso dele.) 
Ficamos uma hora e pouco juntos e aproveitamos cada minuto. Do sexo aos múltiplos orgasmos aos papos sobre Netflix, séries, filmes e "fatos reais" que precisamos ignorar com uma dose de ficção antes de perdermos a sanidade... Risos...
Tal qual em nosso primeiro encontro, ele me fez gozar muitas vezes antes de deixar-me chupá-lo, apesar da minha vontade ser, (ao longo dos orgasmos "provocados"), literalmente, de "engoli-lo". Quando fui chupá-lo eu já havia gozado e feito squirts entre seus beijos, toques e boca, então logo pedi para ele me comer! Estava sedenta. Ele colocou a camisinha e veio sobre mim. Gozei diversas vezes assim, então ele me chupou mais e, depois colocou-me de costas e continuou metendo na minha bocetinha. 
Depois, lentamente colocou no meu cuzinho. Gozei a ponto de molhar os lençóis e, na sequência, ele gozou. Deitamos suados na cama! Eu precisava ir ao toalete e aproveitei para tomar uma ducha. Voltei e ficamos um tempo conversando, entre um gole de água e outro. Não tardou para os beijos recomeçarem e as carícias também.
Ele lambeu meu cuzinho, minha boceta e metia os dedos em mim enquanto me beijava. Meteu fundo e sentia eu gozar nas mãos dele. Ficamos de lado de forma que eu pudesse chupá-lo enquanto me tocava e, mais: via e sentia eu fazer squirts. Banhava-se neles e me chupava. Eu estava louca de tesão e pedi para ele terminar gozando na minha boca.
Depois de deliciar-se com meus orgasmos ele terminou gozando na minha boca. Fui, novamente tomar uma ducha e, depois ele tomou seu banho. Conversamos um pouco mais e ele teve que ir. Coloquei os lençóis lavar e pretendo dormir até amanhã! ... Risos... Literalmente, realizada e exausta!
Tenham todos um bom descanso!
Beijos de luz!

Sobre um delicioso "primeiro encontro"!

Bom dia gente linda!
Tive um adorável encontro nesta manhã, com um belo, charmoso e gentil cavalheiro que acompanha meus escritos há um bom tempo.
Havíamos combinado ainda ontem este nosso primeiro encontro. Eu sou demasiado intuitiva, além de intensa, achei a energia dele ótima quando me chamou no WhatsApp, além da aparência física, claro. Aliás, foi bem interessante nosso primeiro contato "virtual", pois ele vinha me ligando sem ser atendido (eu não atendo ligações telefônicas de quem não tenho o número registrado ou conheço pessoalmente) e apenas nesta segunda-feira atentou para este aviso que consta na minha página... Risos...
Hoje eu pude, mais uma vez dizer: "Bendita seja a leitura!", afinal, não fosse "ela" eu não teria conhecido tal adorável exemplar do sexo masculino, "dono" de um sexo oral primoroso que me fez gozar seguidas vezes em seus belos lábios. 
Chupei-o antes de colocarmos a camisinha e ele meter na minha boceta. Gozei e fiz squirts com ele dentro de mim assim e, depois, sentando no pau dele. Comigo de costas, depois de eu muito gozar e de ele meter na minha boceta sentando em mim, ele colocou no meu cuzinho. Gozei mais assim e continuei gozando quando fiquei sobre ele, sentando nele com meu cuzinho.
Ele disse que queria gozar na minha boca, então, antes de ele gozar, de pé na beirada da cama, ergueu minhas pernas e meteu mais! Tive orgasmos incríveis durante o tempo em que ficamos juntos e antes de ele tirar a camisinha e gozar muito na minha boca!
Apenas após aquele festival delicioso de prazer e de eu tomar um banho, conversamos! Realmente, um homem muito interessante com um papo delicioso. Facilmente passaríamos horas conversando, todavia ele tinha compromissos profissionais e seguiu para eles.
Eu, apesar de ter tomado um banho, resolvi pedalar por uns 40 minutos e ler um pouquinho, já que minha mãe desmarcou a consulta odontológica que tinha agendado.
Bem, tenham todos uma linda tarde!
Beijos de luz!

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Um reencontro curto, mas delicioso para começar bem a semana!

Olá damas e cavalheiros que me acompanham!
Eis que tive um reencontro há pouco! Curto, infelizmente, posto que o adorável parceiro estava de "passagem" pela cidade, mas foi o suficiente para eu "tirar o atraso" nos orgasmos e garantir uma noite de sono ótima. Estou assistindo a uma série desde ontem, achei o começo péssimo: clichês, machismo, gente egoísta e chata, mas agora estou gostando. Se chama The Affair e tem bastante cenas de sexo. Algumas tragicômicas de tão tediosas (do casal junto há mais de 20 anos), outras "calientes" (do ex-casado com a ex-amante e da, então amante com o, então marido...Risos). Indico-lhes, acho que a trama fala de coragem para ser feliz independente de aparências e, claro, é bem excitante. Ou seja: eu estava excitada após assistir 5 episódios hoje. Me masturbei a tarde umas 4 vezes!... Daquele meu jeito: trançando as pernas.
Enfim, não foi à toa que me esbaldei agora! Ele me chupou inteira, nua de costas, já sem vestido. Eu o chupei e logo quis sentar nele. Depois de já me fazer gozar me masturbando e chupando, colocou a camisinha e eu rebolei no pau dele até fazer squirts e gozar muito!
De quatro também gozei com ele na minha boceta e muito mais depois, quando meteu no meu rabinho! Jorrei gozo. Ele queria gozar na minha boca, então fomos para a beirada da cama, ergui minhas pernas, ele meteu mais no meu cuzinho e, quando foi gozar, tirou a camisinha e gozou na minha boca.
Seguiu tomar uma ducha, depois fui eu. Conversamos um pouco e logo o adorável cavalheiro teve que seguir. 
Vou jantar agora, assistir um pouco mais a tal série e descansar!
Tenham uma linda semana!
Beijos de luz!

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

O melhor do sexo em 120 minutos e o superável "risco" do meu tesão "insaciável"!

Boa tarde gente linda do meu coração!!!
Tive um magnífico reencontro de duas horas nesta tarde de sexta-feira!
O adorável, gato e inteligente parceiro não reside no Brasil, porém sempre que está por aqui combinamos um encontro. Desta vez, foi no meu hotel predileto.
Infelizmente não pude curtir a piscina que ele me disponibilizou desde cedo (colocou meu nome na reserva), pois estou com a tatuagem do braço esquerdo cicatrizando.
Todavia, tão logo ele se liberou de seus compromissos eu fui ao seu encontro. Esperava-me com um delicioso vinho californiano. Apesar do meu tratamento, não resisti e uma tacinha e meia, não à toa escrevo-lhes agora com bastante sono. 
Em que pese tenhamos aproveitado cada segundo dos nossos 120 minutos de encontro, apesar de eu ter gozado como louca, só de pensar naquele corpo lindo e no pau delicioso que ele tem, fico ainda excitada. Tão excitada que quase "topei" um encontro com um cidadão bem "meia boca" hoje  à noitinha (gostei porque ele tinha um "ar" de bem dotado), mas bloqueei depois disso:

Eu perco dinheiro, eu me masturbo, eu durmo, mas marcar encontro com macho idiota que faz pergunta cretina, jamais!
Bem, meu encontro de mais cedo começou com um brinde pelo reencontro e beijos, muitos beijos! Pulamos a conversa e nos entregamos aos toques e muito sexo oral! Ele tirou meu vestido e me chupou por muito, muito tempo até me sentir gozar e, praticamente, fazer squirts. O que, comigo, é raro no sexo oral. Mais comum na masturbação e na penetração profunda e intensa.
Ele tirou a cueca na beirada da cama e eu, nua, chupei aquele pau magnífico enquanto ele acariciava meu corpo e elogiava o que via. Como de costume ele tinha os preservativos da sua preferência. Colocou e veio sobre mim, erguendo minhas pernas, enquanto metia gostoso na minha boceta. Beijava-me quando metia mais forte e metia com mais suavidade quando me apreciava.
Gozei e fiz squirts muitas, muitas vezes! Rolamos na cama, fiquei sobre ele, gozei mais e, logo, ele acabou gozando. Fui tomar uma ducha, pois estava com calor. A tatuagem parece me dar uma "febrinha". 
Voltei, ele foi banhar-se e eu fiquei bebericando o vinho. Conversamos por muito tempo, rimos muito do presidente dos EUA e da "fraquejada" do capeta que temos aqui no Brasil! Depois de um tempo entre risos, papos amenos e filosóficos nos beijamos e eu resolvi ajoelhar-me para chupá-lo. Engolindo todo aquele pau! Ele estava quase gozando quando disse que queria me comer na poltrona do quarto. Pegou a camisinha, colocou e meteu em mim de quatro naquela poltrona.
Eu já estava toda molhada de tanto chupá-lo, para eu gozar não demorou 1 segundo, para gozar e fazer squirts seguidas vezes também não!
Pedi para ele atolar no meu cuzinho! E, devagar, ele meteu! Uau, que delícia! Eu comandava e gozava, gozava muito enquanto ele ia ao delírio. Acabou gozando rapidamente.
Tomamos uma ducha, conversamos mais um tempo e, logo, venceu nosso tempo, ele tinha um evento e eu vim pra casa.
Bem, agora vou dormir um pouquinho para descansar a beleza e esquecer que continuo com tesão!
Beijos de luz!

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Duas deliciosas horas com um lindo novo parceiro e fã!

Boa tarde damas e cavalheiros!
Ontem, apesar de não ter tido nenhum encontro, inclusive porque tive um pouco de febre à tardinha e não pude encontrar-me com um parceiro que estava na cidade, tive um dia ótimo!
Fui com minha mãe à reconsulta com o médico às 08h30min., depois passei na Daniel Briand tomar um expresso duplo com creme (amo!) e, na sequência, às 10 horas fui ao meu querido tatuador Eduardo, "retocar" o laço do meu braço esquerdo e outras tattoos. 
O Instagram do Dudu é @ratazanatattoo e ele trabalha no Head Hunters Tattoo na CLN 406. A galera de lá é ótima, já me sinto em casa. A moça que faz perfurações é genial! Inclusive ela atendeu a um homem, muitíssimo simpático e educado que me reconheceu do SuperPop. Elogiou minha inteligência, um lord! Pena que tive que vê-lo sentir dor para colocar os alargadores na orelha, mas o trabalho ficou ótimo e o belo jovem teve excelente gosto na escolha. Ficou lindo!
Sai de lá era quase 14 horas! O Dudu fez um outro laço sobre o antigo, enfim, praticamente uma tatuagem nova. Cheguei em casa, almocei e, mais tarde tive uma leve febre, mas passou e eu amanheci ótima!
Triste por não ter ido ao encontro do cavalheiro ontem à noite, mas ótima! Para minha sorte, no início da tarde um belo homem que me contatou há alguns dias conseguiu tempo para vir encontrar-me.
Um espetáculo de exemplar do sexo masculino, na faixa dos 30 anos, sorriso lindo, pegada perfeita! Ele já havia me dito, quando me chamou no WhatsApp, que estava há meses louco para encontrar-me e que vem acompanhando meus relatos aqui há quase um ano. (Bem, pela empolgação dele ficou inequívoco para mim a sua "tara"!)
Já na porta do apartamento beijou-me a boca ardentemente. Viemos ao meu quarto, ele elogiou minha beleza, disse que sou "ainda mais linda" pessoalmente e, sem titubear, beijei-o. Uma química insana! Logo estávamos nus, ele me chupando e me masturbando até sentir-me gozar seguidas vezes na sua boca e dedos. 
Chupei-o inteiro, pois todo depilado e, logo, ele pegou o preservativo e eu sentei com tudo naquele pau gostoso. Gozei diversas vezes, fiz squirts e molhei-o inteiro. Ele sussurrou no meu ouvido que, "apesar de desejar muito meu cuzinho", não ia se conter dentro da minha boceta que o "apertava". Ouvi isso e ejaculei mais uma vez o que o fez render-se ao seu gozo!
Deitamos suados, lado a lado! Ele foi ao banheiro tirar o preservativo e voltou tomar uma água. Na sequência conversamos muito, nos "demos" a conhecer mais profundamente e ele contou o quanto me admira. Eu pretendia tomar um banho, mas ele me beijou novamente e, praticamente, dominou-me com seu corpo. Senti o pau dele duro roçando no meu corpo. Ele, porém, desceu me chupar e sentir meu gosto novamente. 
Depois pediu para fazermos um 69. Ele me chupava e me masturbava enquanto eu engolia-o e brincava com o pau dele na minha boca. Eu gozei mais algumas vezes e ele terminou gozando de novo, mas na minha boquinha! 
Resolvemos tomar um banho juntos enquanto conversávamos mais. Rimos muito conversando sobre política e partidarismo. Após quase duas horas ele teve que seguir para os seus afazeres profissionais. 
Deixou o valor atinente às horas "arredondado" e foi, prometendo-me voltar em breve. Eu me vesti e pedalei por 45 minutos antes de comer e vir escrever! Agora vou tomar um outro banho e descansar a beleza!
Bom restante de tarde à todos!
Beijos de luz!

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Tarde de segunda-feira com um ansiado e delicioso reencontro!

Boa noite amáveis pessoas que me acompanham!
Após um longo período de desencontros, hoje ao fim da tarde reencontrei um amável cavalheiro que, praticamente, tornou-se um amigo.
Chegou vestido com seu belo traje de trabalho e maleta, disse-me de início que precisaria de um banho, posto que não pôde passar em casa antes de vir ao meu encontro.
Enquanto ele tomava seu banho eu peguei uma água para tomar, conversamos brevemente sobre os últimos acontecimentos da minha vida "by TAG e afins" e nos entregamos a beijos e toques.
Ele estava excitado, me chupou e me tocou mais "timidamente" do que de costume em que pese eu tenha gozado uma vez. Depois eu o chupei, mas ele ficou muito nervoso e, conforme me disse, estava ansioso há dias pensando em me ver, tocar e sentir. 
Conversamos um pouco mais, descontraímos, nos beijamos e então fiquei sobre ele, beijando-lhe e "tocando-lhe" apenas com meu corpo, seios e vulva e, logo, ele estava "pronto" de novo. Colocamos a camisinha e eu sentei sobre ele que estava muito excitado, gozei mais umas duas vezes e ele entregou-se e gozou também, afinal nossas "segundas" preliminares foram quentíssimas!
Após, ambos tomamos um banho, eu antes dele e ficamos conversando sobre diversos assuntos. Rimos e nos divertimos bastante até a hora de ele ir para casa. Eu estava com certa cólica há algum tempo, tomei um remédio, assisti a um filme e dormi cedo, pois tenho reconsulta médica cedo da manhã e, após, retoque das minhas tatuagens. Todavia, acabei acordando agora, de madrugada, pois lembrei-me de olhar uns detalhes sobre uns cursos de Mestrado e aproveitei o tempo para escrever este relato, vez que adormeci antes de fazê-lo.
De fato, minha segunda-feira começou e terminou muitíssimo bem!
Beijos de luz!

Começando a segunda-feira com o melhor do sexo!

Boa tarde gente linda!
Estava descansando a beleza! Minha segunda-feira começou bem, muito bem, ótima, para ser mais específica.
Um cavalheiro que estava há algum tempo sem vir me visitar conseguiu um tempinho. A nossa química é sensacional, do sexo até as opiniões sobre política e sociedade o que, comumente, rende longas prosas, não foi o caso de hoje, infelizmente, mas, o sexo rendeu. Rendeu muitos orgasmos e prazer para aquecer este início de semana!
No horário que havíamos combinado ainda ontem à noite ele chegou, Zeus cumprimentou-o com seu tradicional "au" e viemos ao meu quarto. Após ele usar o toalete nos entregamos a beijos deliciosos e, logo ele tirou meu vestido, despiu-se e me masturbou até me sentir gozar. Comigo nua, de salto encostada na parede. 
Depois caímos na cama. Eu deitada e ele na minha boceta. Me fez gozar e fazer squirts, lambuzou-se inteiro com a cara enfiada entre as minhas pernas. Enquanto ele me chupava eu tocava aquele pau delicioso com meus pezinhos. 
Logo, ele colocou a camisinha e meteu na minha boceta. Sentia eu gozar enquanto me beijava. Eu gozei muito assim e, mais ainda quando ele meteu na minha boceta de quatro. Eu estava no ápice da excitação! 
Ainda de quatro rebolei até abocanhar o pau dele com meu cuzinho. Gozei ainda mais! Ele deitou-se sobre mim e continuou metendo até que acabou gozando. Uma delícia de transa para começar bem esse lindo dia!
Como dito anteriormente, ele não teve tempo para nos alongarmos no papo, batemos um papo e logo ele teve que ir! Prometeu-me voltar em breve! Eu tomei um longo banho, bloqueei uns caras estranhos no WhatsApp, solicitei umas alterações no meu site (existem "coisas" que precisam ser "desenhadas", porque alguns bípedes circunstanciais não conseguem entender) e dormi bastante.
Agora vou comer algo, pois mais tarde tenho outro reencontro delicioso!
Beijos de luz!

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Duas horas de muitos orgasmos e squirts na noite do (incompleto) debate dos presidenciáveis na Band! (Só sendo multiorgástica para suportar o Brasil...)

Boa noite adoráveis leitores e leitoras do meu país e exterior! (Sim, são muitos e muitas de "fora" da república das bananas!)
Bem, acabei de chegar de duas excelentes horas junto a um delicioso cavalheiro que está "comigo" desde julho de 2016, apenas 3 meses após minha incursão no meu atual "estilo de vida" de acompanhante de luxo.
Comumente bebemos um bom vinho, hoje porém eu não pude beber com ele vez que estou no início dos 30 dias no qual, à noite, estarei fazendo uso de ansiolítico, ele porém, bebeu enquanto conversávamos sobre as últimas "ocorrências" nas nossas vidas e no mundo!...Risos...
Demos muitas risadas, inclusive com os percalços enfrentados, aliás, eu sempre tive essa nada sutil habilidade de rir das desgraças da vida, sobretudo da minha, é claro... Risos... Em que pese, não nego, eu nutra um profundo apreço por piadas de humor negro. 
Por falar nisso, começou há pouco, às 22 horas o debate dos "presidenciáveis" na Bandeirantes. Interessante ver o Bolsolixo ser chamado de racista, machista e homofóbico pelo Boulos e não argumentar nada a respeito disso, apenas mantendo o seu discurso néscio e ilógico de que é um "exemplo" de honestidade mesmo já tendo admitido, em entrevista, que o seu partido lavou dinheiro da JBS para ele. Fez isso antes de abrir mão do seu tempo e atacar o concorrente sem nenhum argumento fático, apenas "palavras ao vento", como de costume (bem, ele poderia ter desmaiado, mas não o fez...Risos...). Aquele homem é uma piada de péssimo gosto que sequer esconde do mundo que é, de fato, machista, racista e homofóbico! ... Risos... 
Bem, meu encontro foi, como de costume, formidável! Após interrompermos nossa conversa com beijos devassos, ele abriu minha saia, tirou-a lentamente e, colocou-me deitada na cama. Sem tirar minha calcinha, arredou-a e me chupou por muito, muito tempo, saboreando cada pedacinho da minha boceta e cuzinho. 
Fiquei de joelhos para desabotoar a minha camisa e fiquei só de sutiã, pois, em tal momento ele já havia tirado a minha calcinha. Estava só de cueca então, de pé e eu de joelhos, chupei-o até engoli-lo inteiro e sentir ele pulsar de tesão dentro da minha boca e garganta.
Acabamos fazendo um 69, pois ele queria me sentir gozar mais em sua boca. Ele me chupava e me masturbava de forma que, não tardou, acabou gozando na minha boquinha. Deitamos lado a lado, ele tomou um pouco mais de vinho e eu uma água, conversamos por longos minutos até que fiquei sobre ele e comecei a beijá-lo. O pau dele na hora ficou duro. Desci e chupei-o mais. Então ele pegou a camisinha que estava ao lado, colocou e eu sentei nele. Sentei, gozei e fiz squirts. Ele se realizava sentindo o pau dele inteiro dentro de mim e eu me derretendo de prazer.
Fodemos assim até que eu sentei, ainda sobre ele, com meu cuzinho naquele pau delicioso. Gozei mais, muito mais, então mudamos de posição, ele veio sobre mim e continuou metendo no meu rabinho e beijando a minha boca. É alto, magro e bem dotado, logo essa posição fica perfeita! Sentia eu ejacular e molhá-lo de forma que, sem demora, gozou novamente.
Desta vez estávamos suados! Fui tomar uma ducha enquanto ele ficou na cama, sorrindo e realizado. Após, ele foi tomar banho, conversamos mais um pouco e, logo, chamei o Uber para voltar para casa. Ele, como de costume, já havia colocado o valor atinente às nossas duas deliciosas horas na minha bolsa (eu deixo-a "estrategicamente" semi-aberta). 
Bem, vou assistir um pouco mais do debate notoriamente incompleto que a Bandeirantes transmite neste momento.
Tenham todos uma linda noite e um belo final de semana, afinal, sexta-feira é amanhã!
Beijos de luz!

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Muito sexo oral, carinho e orgasmos para iluminar meu dia, porque homens lindos e educados conquistam o meu melhor sempre!

Boa noite gente bela que me acompanha!
"Cá" estou desde domingo fazendo tratamento para o meu Transtorno de Ansiedade Generalizada e/ou Fobia Social e/ou Transtorno do Pânico. Segundo meu médico há características de todos de forma que, após uma única consulta, ele não pode e nem precisa dar um diagnóstico preciso. O inegável é que venho sendo exposta a muitas situações estressantes e, tal qual como em 2015, quando tive minha primeira crise de pânico numa segunda-feira pela manhã, época em que eu lecionava 7 disciplinas na Faculdade de Direito de Sorriso/MT, o meu corpo "reclamou" como conseguiu, eu ignorei e, por fim, "chegamos" aqui.
Essa questão de "fobia social" é meio complexa, vez que eu nunca fui de muita badalação social e afinidades com "a maioria" dos humanos! Em 5 anos de Faculdade fui há duas ou três reuniões festivas da turma, por exemplo. Eu curtia mesmo sair quando namorava, pois me sentia segura. 
De fato o mundo não é nada seguro para as mulheres. Nunca foi, mas eu nunca sofri nenhum trauma proveniente de interação social. Não, claro, se considerarmos "trauma" no sentido literal do termo, porque se "pequenas decepções com a raça (des)humana" se adequar à tal conceito, então eu termino praticamente todos os meus dias um pouco traumatizada...Risos... 
Bem, com o tratamento, após 30 dias veremos algum resultado! 
Sexo com cavalheiros bonitos, eloquentes, educados e interessados em mim, porém, é algo para o qual eu sempre estou disposta. Hoje, ao contrário da noite agradável que tive sábado, encontrei um cavalheiro lindo, cheiroso e gostoso que estava viajando há uns dias e é meu parceiro desde 2016!
Trouxe-me chocolates de presente e, com eles, muitos beijos, carícias e prazeres! Chegando ao meu quarto beijou-me deliciosamente, sentiu que eu estava sem calcinha e me colocou sentada de pernas abertas na cama enquanto, de joelhos, me saboreava com tesão até me sentir gozar!
O pau dele estava duríssimo, eu esfregava meus pés nele enquanto ele me chupava. Enquanto ele tirava o traje social que vestia eu o chupava. Colocava todo aquele pau na minha boca e ele me pedia para ir devagar, pois ele estava louco de tesão, quase gozando.
Ele ama me chupar e faz eu gozar na sua boca até ele mesmo quase "explodir"! Todavia, quis comer minha bocetinha. Pegou a camisinha que estava sobre o frigobar, como sempre, e veio sobre mim. Meteu até me fazer gozar com squirts. Depois me chupou mais um pouco e, de lado, comeu minha boceta até gozar comigo.
Conversamos por um bom tempo, ele tomou uma ducha e foi para casa descansar, enquanto eu fiquei realizada e de pernas bambas descansando, após um bom banho.
Bem, desejo à todos um lindo final de terça-feira!
Beijos de luz!

domingo, 5 de agosto de 2018

De uma "crise de ansiedade" ao melhor sábado dos últimos tempos em excelente companhia e orgasmos incríveis! (Com fotos/ "nudes").

Bom dia meus iluminados leitores e leitoras!
Quem me acompanha desde 2016, sabe muito bem que eu sofro de transtorno de ansiedade. Acho que contei-lhes que meu último ataque de pânico foi em janeiro num shopping em Balneário Camboriú/SC, onde eu estava "veraneando" com minhas tias.
Eu costumo ficar atenta aos sintomas e a usar o ansiolítico apenas quando percebo que posso ter uma crise, todavia, acordei sexta-feira às 06 horas da manhã com formigamento nas mãos, bradicárdica hiperventilando e confusa, levantei para ir até à cozinha pegar um remédio e desmaiei. Minha mãe me socorreu, ficou nervosa, chamou ajuda e, segundo me contou, eu desmaiei mais duas vezes. Acordei com uma cuidadora de idosos medindo minha PA que estava 6 por 4. Me deram sal e um Diazepam. Aos poucos fui melhorando, todavia minhas costas e braços ainda estão doloridos, além de machucados por conta dos desmaios. 
Tinha um encontro de duas horas agendado para o início da tarde e tive que desmarcar. Todavia, ontem, sábado no início da manhã, fui ao médico para uma consulta de urgência. Farei um tratamento com ansiolítico por 30 dias, depois só farei uso do mesmo em caso de ataque de pânico, da mesma forma, tornarei a fazer terapia cognitivo comportamental.
Bem, para minha alegria eu tinha um encontro com um lindo cavalheiro agendado para sábado à tardinha no hotel que eu mais adoro! Ele colocou meu nome na reserva e, em que pese o encontro fosse apenas de duas horas, pude usufruir do hotel a tarde inteira, já que ele chegou à noite! O sol me anima, me alegra!
No início da noite o cavalheiro, que veio exclusivamente para me encontrar, chegou. A química foi imediata! Chegando, colocou o champanhe gelar no balde com gelo que eu já havia pedido. Conversamos bastante, bebericamos um pouco e, após ele fazer a barba, nos beijamos! Um beijo delicioso.
Ele, no entanto, quis tomar um banho. Fiquei esperando-lhe na cama! Voltou do banheiro, enrolado na toalha e nos beijamos. Tirei meu vestido e, entre beijos, chupadas e toques nos entregamos àquela química deliciosa.
Após colocarmos a camisinha eu gozei e fiz squirts diversas vezes, molhando-o e deixando-lhe excitadíssimo. Foi "a transa" e, de fato, era tudo que eu estava precisando. Depois de me levar ao céu algumas vezes ele acabou gozando.
Ficamos conversando e acabamos o champanhe. Sugeri à ele um banho de banheira, apesar de eu já ter tomado um antes de sua chegada. Tomou uma ducha e entrou na banheira comigo! Tomamos um pouco de um bom vinho que ele trouxe e voltamos ao quarto, excitadíssimos. 
Tal qual anteriormente a transa foi espetacular! Ele me chupou inteira, me fez gozar assim e revezava entre meter na minha boceta e cuzinho e me chupar. Molhei a cama ejaculando várias vezes (squirts=ejaculação feminina). Foi fenomenal e, depois de muito me sentir gozar ele, que se conteve para não gozar por muito tempo, acabou gozando! 
O tempo que combinamos já havia se exaurido e nós estávamos exaustos e famintos! Precisávamos jantar, todavia o restaurante do hotel já havia fechado as portas. Terminamos saindo e não encontramos nenhum restaurante aberto, pelo "adiantado" da hora.
Como eu estava preocupada com a preocupação da minha mãe comigo (ansiosos entenderão), achei por bem vir para casa. Ele me trouxe de Uber e voltou ao hotel para pedir serviço de quarto. Minha mamãe me fez um bifinho, me deu os remédios e eu tive uma ótima noite de sono!
Acordei feliz e inspirada, mas tive uma reunião como "brunch" pela manhã, cujo assunto eu lhes repasso tão logo tenha datas e demais detalhes para dar-lhes!
Tirei algumas fotos ontem, sozinha no hotel, então compartilho com vocês. Eu acho de péssimo tom pedir para meus parceiros sexuais me fotografarem, sei lá, acho uma perda de tempo. Pra que investir em narcisismo junto com um homem se a gente pode transar e gozar, né?! Tirar selfies e admirar meu corpo eu faço sozinha, tenho dois longos braços para isso...Risos...
Bom restinho de domingo à todos!
Beijos de luz!



































quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Reencontros deliciosos sempre me fazem bem!

Boa noite meus adoráveis leitores e leitoras!
Eis que, para "tirarmos o atraso" dos dias em que ficamos sem nos ver por incompatibilidade de agendas e "transtornos" diversos, ontem tive mais um encontro com o delicioso cavalheiro com quem, na quinta-feira passada, me encontrei no meu hotel predileto.
Todavia, como é da nossa "rotina", desta vez nos encontramos no meu apartamento e ficamos apenas uma hora juntos entre muitos afagos, beijos, carícias, toques e orgasmos, muitos orgasmos!
Ele chegou, abraçou-me e beijou-me saudoso! Cumprimentou a Zeus e Pequeno Bolota, pois não os via há dias e depois viemos ao meu quarto. Ele me beijou, colocou-me contra a parede e enfiou a mão por baixo do meu vestido, me tocando até me sentir molhada. Enquanto ele se despia eu tirei meu vestido e deitei-me só de calcinha em sua frente. Suavemente ele tocou-me, afastou a minha calcinha branca e chupou-me até me sentir gozar mais de uma vez.
Depois, tirou a minha lingerie e me chupou inteira. Tirou a cueca que ainda vestia com o pau extremamente duro e, a meu pedido, colocou a camisinha e meteu na minha boceta. Fiz squirts com ele sobre mim e, depois, sentando naquele pau que latejava dentro de mim.
Quis senti-lo na minha boca, então pedi para ele tirar o preservativo e chupei-o até ele encher a minha boca de porra. 
Deitei ao seu lado, rimos bastante de felizes e extasiados! Conversamos muito sobre os últimos acontecimentos do País e das nossas vidas, ele foi tomar uma ducha, deixou-me o valor da hora com um lindo bilhetinho, tal qual fez semana passada no hotel e em outras diversas ocasiões, e seguiu para seus afazeres. Eu que havia dormido pouco, aproveitei para ler e dormir mais no restante do dia, afinal, como de costume, só fui contatada por analfabetos funcionais de aparência asquerosa.
Bem, tenham todos um lindo dia!
Beijos de muita luz para quem já tem e de mais ainda para quem dela necessita!

terça-feira, 31 de julho de 2018

Uma deliciosa hora com um dos meus cavalheiros prediletos para "agitar" o corpinho nesta terça-feira!

Boa tarde digníssimas pessoas do bem!
Eis que, apesar de não estar 100% da minha garganta, um adorável cavalheiro que me contata sempre que vem à cidade, fez um "bate e volta" e veio ao meu encontro.
Comumente nos encontramos com um bom vinho, à noite, num belo hotel, não foi o caso desta tarde, mas foi uma injeção de ânimo a hora que ficamos juntos.
Ele chegou, me trouxe chocolates de presente, conheceu Zeus e Pequeno Bolota que estavam na sala e, então, viemos ao meu quarto. Nos entregamos aos beijos quentes e saudosos que estávamos guardando um para o outro há dias.
Caímos na cama, ele ergueu meu vestido longo e começou a me chupar por muito tempo, até me fazer gozar e sentir-me louca de tesão! 
Tirei meu vestido, fui até à beirada da cama e o chupei enquanto ele se despia. O pau dele estava extremamente duro, então ele pediu como eu queria que ele me comesse enquanto colocava o preservativo. Disse-lhe que queria que ele deitasse para que eu sentasse nele.
E, assim, sentei e cavalguei naquele pau delicioso por muito tempo! Gozei e fiz squirts, quando ele sentiu-se bem molhado com meu gozo acabou gozando também.
Exaustos, porém realizados (eu graças aos remédios do tratamento para a garganta) deitamos e conversamos sobre amenidades e vergonhas políticas, judiciárias e midiáticas. Aliás, convenhamos que a mídia e o Judiciário brasileiro são partidários e contrários ao bem-estar social.
Bem, rimos muito do Roda Viva de ontem, tomamos uma água, ele tomou um banho e seguiu para seus afazeres, prometendo-me voltar em breve. Na sequência eu tomei um bom e longo banho e tornei à repousar, afinal quero sarar 100% desta gripe. Com certeza nunca mais deixarei de tomar vitamina C diariamente na minha vida!
Bom restinho de tarde à todos!
Beijos de luz! 

sexta-feira, 27 de julho de 2018

"Folguinha" até dia 31/07!

Boa noite adoráveis pessoas que me seguem!

Passando por aqui para sugerir-lhes que me acompanhem no Instagram @claudemarchi3 nos próximos dias, pois estou me decretando "férias" por, no mínimo, 4 dias a contar de hoje, haja vista que estou com a garganta inflamada e febril, logo, não terei nenhum encontro para narrar-lhes, até, no mínimo, terça-feira.

Estarei ativa nas minhas redes sociais (unicamente Instagram e Facebook) com minhas crônicas, fotos de Zeus e Pequeno Bolota e críticas ao machismo, misoginia, futilidade, hipocrisia, fascismo, conservadorismo, elitismo e bestialidades correlatas!

Tenham todos um lindo final de semana!

Beijos de luz!

quinta-feira, 26 de julho de 2018

Sobre um encontro espetacular!

Boa noite prezados leitores e leitoras!

Contatou-me hoje um fã que há muito tempo não conseguia tempo para me encontrar, parte devido a sua agenda apertada, parte devido às minhas viagens e compromissos. Enfim, hoje, para nossa alegria, as nossas agendas se "afinaram". Diferentemente da vezes anteriores em que o recebi no meu apartamento, hoje ele pediu que eu lhe encontrasse num hotel luxuoso na beira do lago, pois sabe que gosto do local para tomar sol e hospedar-me. 
Subi ao seu apartamento e encontrei-o já à vontade (normalmente o recebia em trajes de trabalho) e com duas taças de um bom espumante. Após os beijos iniciais, sempre deliciosos e insinuando o bom sexo que se seguiria. Ainda com as taças nas mãos, trocamos muitos beijos e carícias. Senti sua mão tocando-me ao mesmo tempo que sentia seu pau duro encostando em mim. Deixamos de lado o espumante e logo ele me deitou na cama, suspendendo meu vestido e retirando delicadamente minha calcinha. 
Beijou minha boceta e começou a chupá-la deliciosamente, fazendo-me gozar inúmeras vezes com sua língua percorrendo do clítoris ao meu cuzinho me deixando louca de tesão. Encharquei o lençol com squirts e ele se deliciou com isso. Pedi que ele me comesse, tendo sido prontamente "atendida". Colocou uma camisinha de sua preferência e começou a esfregar-se em mim, alisando seu pau na entrada da minha boceta, deixando-me ainda mais louca. 
Penetrou-me devagar em movimentos suaves até que senti todo seu pau preenchendo minha boceta já encharcada. Quando seu pau me preenchia totalmente, deitou-se sobre mim e me beijou apaixonadamente. Seu beijo delicioso, aliado aos movimentos suaves do seu pau entrando e saindo de mim, me fez gozar incontáveis vezes e jorrar squirts na cama. Isso o deixou muito excitado, mas antes que gozasse, pedi que comesse meu cuzinho. 
Virou-me de quatro e meteu com o mesmo cuidado e suavidade até que eu sentisse seu pau latejando em mim. Gritei além do costume de tanto tesão e não tardou para que ele gozasse junto comigo. 
Deitamos relaxados e molhados na cama, sentindo ainda o pulsar dos batimentos fortes do coração. Ficamos por alguns instantes em silêncio curtindo o momento. Logo iniciamos um bom papo sobre minhas atividades e aborrecimentos recentes, alguns dos quais impediram nossos encontros anteriormente. Ele é um cavalheiro inteligente e agradável, bom de compartilhar todos os assuntos, de política a amenidades. Após algum tempo de prazeres "dialéticos", tomamos um banho e ficamos sentados na varanda do hotel, ambos cobertos apenas com as toalhas. 
Mais um pouco do espumante e estávamos novamente trocando carícias, contemplando a bela paisagem do Lago Paranoá. Seus dedos tocavam minha boceta e eu sentia seu pau enrijecendo na minha mão. Logo comecei a chupá-lo, ainda na varanda, engolindo-o todo. Ele me pegou pela mão e levou novamente para a cama, deitando-se agora por baixo e pedindo que eu sentasse no seu rosto para que ele pudesse me chupar nesta posição. Sua deliciosa língua logo me provocou gozos intensos e squirts fartos. Era tudo o que ele queria: sentir meus squirts no seu rosto e lambuzar-se engolindo parte do que conseguia. 
Alcancei-lhe uma nova camisinha para que pudesse novamente sentir seu pau dentro de mim. Sentei sobre ele e comandei desta vez a velocidade e profundidade da penetração, enlouquecendo-o com um rebolado intenso sobre seu pau. Gozei outras tantas vezes e tão logo ele anunciou que iria gozar novamente, retirei-lhe a camisinha e permiti que gozasse no meu rosto e boca. Que delícia sentir que ambos sentimos prazer "nisso"! 
Após outro banho e um pouco de água, conversamos mais um pouco em ritmo de despedida, prometendo não nos demorarmos para alinhar as agendas novamente. Ele entregou-me um envelope com o valor atinente ao tempo que passamos juntos, acrescido de um lindo recadinho carinhoso, como é do seu costume. 
Voltei para casa alegre e sorridente, deixando-o feliz e relaxado curtindo sua noite no hotel. 
Tenham todos uma bom final de quinta-feira!
Beijos de luz!

terça-feira, 24 de julho de 2018

Duas horinhas deliciosas para apimentar a minha noite nesta terça-linda-feira!

Boa noite lindas pessoas!
Eis que, após muito descanso, vários bípedes circunstanciais dispensados e muito sono para manter a pele bonita, hoje usufrui de duas lindas horas com um cavalheiro igualmente lindo e, mais: gentil, educado e inteligente. Um novo exemplar do sexo masculino na minha agenda, enfim, um "daqueles" que vale cada gemido e orgasmo!
Acabo de chegar do seu hotel. Tomamos uma garrafa de um belo vinho francês, conversamos bastante, sobretudo sobre a vontade que ele tinha em conhecer-me, mas padecia de insegurança. Fico estarrecida quando vejo homens altos, lindos, elegantes, sorriso perfeito, corpo em forma e pau delicioso se sentirem inseguros para chegarem à mim! Quase todos os dias um bando de machos horrorosos me abordam e os homens lindos ainda se reprimem! (Há algo errado nesse mundo, com certeza há!).
Mas, enfim, fato é que ele encorajou-se e me contatou! Ficamos conversando por muito, muito tempo! De literatura à filmes e séries, enquanto bebericávamos o vinho e nos beijávamos. Até ele resolver tocar-me. E enlouquecer-me de tesão me masturbando e fazendo-me fazer squirts nas mãos dele que, deliciosamente, engolia-os e me chupava inteira!
Fui à loucura de tesão, controlando meu desejo animalesco de gritar no travesseiro enquanto, após ele colocar a camisinha, comia minha boceta de quatro. E, após eu pedir, depois de muito me chupar e fazer-me gozar, ele sentava com o pau extremamente duro no meu cuzinho. Eu gozava e fazia squirts que jorravam nas pernas dele até que ele não se conteve mais e acabou, também, gozando.
Conversamos e rimos por mais um tempo, terminamos nosso vinho, tomamos uma ducha regada à toques e beijos que findou com ele gozando na minha boca e, após, vim pra casa dormir o sono dos justos! Eis que essa semana, oficialmente, começou com duas horinhas deliciosas de muito, muito prazer e alegria!
Desejo à todos uma boa noite!
Beijos de luz!

sábado, 21 de julho de 2018

Um delicioso reencontro ao fim da tarde deste sábado!

Boa noite adoráveis leitores e leitoras!
Tive um excelente fim de tarde neste sábado! Um cavalheiro com quem estive há um tempo, mas que passou a namorar após nosso último encontro, veio ao meu encontro hoje, pois está, novamente, livre, leve e solto novamente. 
Ele é um encanto de homem! Educado, inteligente, bonitão e humorado. Trouxe-nos duas espumantes médias para tomarmos, como estavam congeladas praticamente não usamos as taças.
Conversamos bastante e, depois de muitos beijos ele ajudou a tirar meu vestido, jogou-se de boca em meus seios. Despiu-se e eu comecei a chupá-lo ele "reivindicou" chupar a minha boceta, então fizemos um delicioso 69.
Depois, pedi para ele me comer, vindo sobre mim! Ele colocou a camisinha e meteu na minha boceta. Gozei seguidas vezes e, ainda nesta posição, ele gozou também.
Seguimos conversando por um bom tempo! Temos um carinho mútuo muito grande em que pese eu tenha dispensado-lhe sexualmente no nosso primeiro encontro, pois ele era apaixonado por uma embusteira e queria chamar-me pelo nome dela. Não aceitei e ficamos só no bate-papo. Após o "fora" deste dia, disse-me ele, passou a abrir os olhos para a relação que vivenciava! Não à toa nos encontramos posteriormente e nos demos super bem, assim como hoje.
Bem, vou descansar a beleza e desejo à todos um excelente final de semana!
Minha ansiedade não está 100% controlada, mas gira, 100% em torno da total ausência de vontade de sair de casa. Uma mistura do caseirismo que sempre tive, com fobia social e fuga de interação humana. Sexualmente? Não estou "afetada", continuo com libido e ânimo. 
Minha consulta está marcada para o dia 27/07 e, até lá, resolvi relaxar e não cobrar-me tanto: não estou bem para sair, não sairei! Tenho minha mãe para fazer compras e minha manicure vem em casa, logo, conseguirei superar a ansiedade social respeitando os meus próprios limites.
Beijos de luz! 

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Sexo despudorado e orgasmos múltiplos para "desfocar" da ansiedade que me atormenta!

Boa noite pessoas lindas!
Estou padecendo com meu transtorno de ansiedade nos últimos dias, logo, minha fobia social aumenta e meu desejo de conviver em sociedade diminui. 
Hoje agendei uma consulta numa clínica para sexta-feira que vem, espero gostar do psiquiatra e demais profissionais. 
Quando eu lecionava conseguia socializar, mas, depois que tornei-me cortesã fui me ensimesmando, ensimesmando e ensimesmando. Sou e sempre fui caseira, de pouca festa, balada e amigos, mas agora estou indo para o extremo de não querer sair de casa em hipótese alguma. Bem, eu tive um ataque de pânico em janeiro num shopping de Balneário Camboriú/SC! 
Na noite passada dormi de pouco à nada. Mil ideias para escrever, uns 5 livros esboçados na cabeça, temores, preocupações e um turbilhão de pensamentos me dominavam. E eu, teimosa que sou, fui tomar um remédio apenas pela manhã. Tento ao máximo evitar o ansiolítico, mas nem sempre consigo, infelizmente.
Hoje ao meio dia eu encontraria um cavalheiro que, por conta de desencontros, há quase um mês não nos encontramos, coisa que fazíamos quase toda semana, todavia eu precisava dormir.
Ao longo da tarde um delicioso e adorável parceiro me avisou que estava na cidade, mas que infelizmente não dormiria aqui, como de costume, todavia pode vir ao meu encontro. De regra passamos horas juntos, hoje não foi possível, mas o encontro ocorreu e, com ele, incontáveis orgasmos, squirts, bom papo e, claro, um alívio para minha mente e corpo cheios de energia.
Nos beijamos saudosos, tirei meu vestido e ele me chupou, com o pau duro, dentro da calça jeans. Me fez gozar muitas vezes assim e me masturbando! Depois de muito gozo ajudei-lhe a tirar a calça e o chupei! Estava saudosa daquele pau!
Chupei-o inteiro! Depois, delirante que estava, pedi para ele me comer. Colocou uma das camisinhas que trouxe e, a meu pedido, veio sobre mim. Me fez gozar e fazer squirts nesta posição e, depois, comigo sentando no pau dele, sentindo-o todinho enterrado em mim.
Ele pediu para engolir meu gozo, então coloquei minha boceta na cara dele e ele me chupou! Eu estava excitadíssima gozando assim, mas uma ameaça de câimbra me fez mudar de posição e pedir para ele me comer de lado.
Eu estava toda molhada com meu próprio gozo, então ele atolou no meu cuzinho. Gozei muitas e muitas vezes, assim como com ele sentado sobre mim, com o pau extremamente duro e eu rebolando nele.
Depois ele encostou-se na parece e, de costas, eu sentei com meu cuzinho no pau dele! Gozei e fiz squirts, ele sentia suas coxas molharem! Ficamos assim, eu gozando e sentindo-o inteiro e duríssimo em mim por um bom tempo. Pedi-lhe para que metesse de quatro, como normalmente fazemos e eu molho o chão dos quartos de hotel em que nos encontramos. 
Não foi muito diferente hoje e, nesta posição, ele acabou gozando. Depois deitamos, cansados, relaxados, felizes e com sede, e nos entregamos a outro prazer: o do bom papo. Trocamos ideias sobre terapia, ansiedade, Psicanálise, Psicologia e Psiquiatria. 
Na sequência, antes de voltar para a sua cidade, ele tinha uma reunião, então tomou uma ducha, nos despedimos "derretidos" e ele foi para seus compromissos.  
Eu tomei um longo banho, comi uns bifes de alcatra com umas pimentas mineiras deliciosas que um seguidor meu no Instagram, mandou-me lá do RS, onde reside. Adorei a surpresa e as pimentinhas! Agora estou assistindo a uma série chamada Bordertown. Nestes dias de ansiedade exacerbada tenho dificuldades de concentração, é tudo mais difícil do que de costume, não à toa, depois de anos, resolvi procurar um médico.
Bem, tenham todos uma linda noite de quinta-feira e, caso eu não apareça mais por aqui, vez que não é qualquer homem que me "anima", desejo-lhes, desde já, um lindo final de semana!
Beijos de luz!

terça-feira, 17 de julho de 2018

Um encontro fantástico com um jovem e lindo cavalheiro para abrilhantar a minha terça-feira!

Boa tarde adoráveis leitores e leitoras!
Eis que minha roseira (tatuagem nova) está se recuperando lentamente, todavia, ainda pela manhã um lindo cavalheiro me contatou.
Apesar da pequena febre local, resolvi encontrá-lo, porque a beleza do rapaz, assim como a abordagem educada e objetiva foram demasiado tentadoras.
Combinamos um horário e, pontualmente, ele chegou. 
Simpático, alto, forte, sorriso e lábios ainda mais bonitos do que na foto! 
Apresentei-lhe Zeus e Pequeno Bolota que dormiam sobre as poltronas da sala de estar e viemos ao meu quarto. A química do beijo foi sensacional! 
Em menos de segundos ele tirou meu vestido, colocou-me deitada na cama e, ajoelhado, me chupou até me fazer gozar. Uma, duas e outras tantas vezes! 
Já estava sem camisa, ostentando um peitoral lindo! Abriu a calça, tirou o restante da roupa e eu fui chupá-lo! Chupei-o com vontade, tamanho o tesão que eu estava. Pedi para ele colocar o preservativo e comer meu cuzinho.
Ele que masturbava a minha boceta e rabo quando me chupava, atendeu o meu pedido, esfregou o pau já com a camisinha no meu gozo e meteu direto no meu cuzinho. Gozei seguidas vezes, inclusive gemi mais alto do que de costume, uma gafe que tento não cometer. 
Fiz muitos squirts, mudamos de posição, ele veio sobre mim metendo no meu cuzinho e logo acabou gozando!
Deitamos na cama exaustos e então entabulamos uma conversa divertidíssima sobre fama, pessoas, Filosofia e analfabetismo funcional. Também conversamos sobre nossas respectivas áreas de atuação predominantes (a minha é Direito, afinal sou advogada desde 2005, escrevo crônicas desde 2002 e sou acompanhante de luxo desde 2016. De mais a mais, não considero o que faço, sexualmente falando, um trabalho, um ofício, pois demasiado divertido e com muita entrega!).
Foi um encontro magnífico que me fez esquecer que, nos últimos instantes da manhã, dispensei um gaúcho que reside no Rio de Janeiro e viria me encontrar e ficar duas horas comigo hoje. Viria apenas por tal razão, já tinha comprado as passagens, mas eu comecei a ter um pressentimento ruim, olhei a foto dele diversas vezes e terminei desmarcando o encontro.
Foi bom, vez que minha intuição não falha! O meu erro foi ter sido demasiado cordata com ele por conta de ser educado, humorado e interessante, mas eu senti que faltaria química e resolvi não deixá-lo perder a viagem.
Bem, após o delicioso homem ir embora, tomei um banho frio, hidratei minha tattoo e dormi por algumas horas. Assim que minha roseira estiver mais "simpática" para aparecer em fotos, postarei algumas. Preferencialmente despida, para agradá-los!
Beijos de luz!

domingo, 15 de julho de 2018

Horas de prazer intenso para alegrar um sábado lindo!

Boa tarde adoráveis leitores e leitoras do meu Brasil!
Eis que ontem, entre 15h30min e 21 horas meu tatuador Eduardo (@ratanazatattoo cujo telefone celular e trabalhos estão postados no seu Instagram e vocês aferem com uma pesquisa no Google) fez uma roseira na coxa/perna direita para fazer companhia às petúnias da coxa esquerda.
Todavia, após acordar e comer minha deliciosa "fortaia" matinal quase ao meio-dia um adorável parceiro me contatou. Semana retrasada, antes de ir viajar,  ele queria ficar mais tempo comigo, "fugir para algum lugar", como fizemos certa vez, mas não foi possível, haja vista a gripe que me acometeu e judiou por dias e dias.
Eis que contatei o tatuador Eduardo, ele aceitou um atraso de uma hora e recebi o cavalheiro logo após o meio dia. 
Ficamos juntos aqui em casa por todo este tempo, estávamos mutuamente saudosos e ele excitadíssimo! Nos beijamos, ele tirou a roupa, eu tirei meu robe (não vestia nada por baixo) e o chupei por muito tempo na beirada da cama. Depois ele colocou-me deitada e me chupou até me fazer gozar e eu pedir para ele me comer.
Ele colocou a camisinha e veio sobre mim! Meteu na minha boceta variando entre o lento e o forte e sentindo-me gozar muito e, também, fazer squirts. 
"Sentou-se" na cama, encostado na parede e eu sentei no pau dele enquanto ele beijava meus peitos e admirava meu corpo, na sequência, entre mordiscadas no meu pescoço, fiquei de quatro e ele seguiu comendo minha boceta. 
Eu rebolava, praticamente pedindo-lhe para colocar no meu cuzinho. então ele, solícito, meteu no meu rabinho. Sentiu eu gozar seguidas vezes, inclusive molhando as pernas, na medida em que metia forte eu gozava mais e, assim, ele acabou gozando também.
Fui tomar uma ducha, voltei, tomamos água e conversamos sobre minha viagem ao RS, lançamento do segundo livro, problemas com gente preconceituosa e homens intelectualmente limitados. Falamos sobre vinhos, aeroportos e lugares de boa gastronomia, enfim, falamos, literalmente, "de tudo um pouco".
Após muito papo, gargalhadas e sorrisos tornamos a nos beijar e lá estava eu chupando-lhe e engolindo-o inteiro, saboreando-lhe. Ele falava sacanagens e, a meu pedido, colocou a camisinha, empurrou-me para trás e, sobre mim, meteu na minha boceta. Gozei assim, ele metia, falava coisas excitantes, mordiscava-me e me fazia ter mais orgasmos ainda. Colocou-me de lado, me masturbou, e tornou a meter na minha boceta! 
Depois pedi para ele sentar sobre mim de costas! Ele me fez gozar assim e, mais ainda de quatro, quando acabou gozando também. Tomei um banho, vesti-me, enquanto ele se arrumava e, depois ele me deu uma carona até o estúdio.
Mais tarde minha mãe foi me buscar! Dormi cedo e muito! Assim como hoje, quando, infelizmente, não pude encontrar-me com um lindo cavalheiro estrangeiro, pois estava com febre local e cansada. Não gosto de fazer nada quando não estou 100%! 
Bem, desejo à todos uma semana feliz e prazerosa como foi o início do meu final de semana!
Beijos de luz!

sexta-feira, 13 de julho de 2018

17 prints com alguns dos piores contatos das duas últimas semanas.

17 prints com alguns dos piores contatos das duas últimas semanas.

Ontem um gentil seguidor do Instagram (@claudemarchi3), daqueles cavalheiros cordatos e respeitosos que opinam sem ódio e preconceito, me disse que eu sou "mais" do que esses contatos misóginos, asquerosos e vulgares e que, portanto, "não há necessidade de eu expor estes machos ridículos".
Respondi-lhe educadamente que sim, é necessário.
É necessário porque estes prints que, antes de "chegarem" aqui no site chegam nas minhas redes sociais, correspondem há menos de 1% dos contatos desrespeitosos e abjetos que recebo.
Sim, você leu certo: menos de 1%! O que significa que eu "abstraio e finjo demência" em 99% dos casos, não respondendo, bloqueando ou respondendo grosseiramente à altura (ou melhor, "à baixeza") e deletando na sequência.
Existe uma gama de homens feios ao extremo que devem achar que minto quando falo que só agendo encontros com homens que eu ache bonitos. Aparentemente eles me contatam para passar vergonha ou para demonstrar seu total menosprezo ao que digo em entrevistas, anúncio e aqui, pois deduzem que a sua vontade de ter-me e pagar os R$ 650,00 que cobro pela hora da minha companhia vai "comprar" o meu consentimento e prazer.
Eu cansei de fazer distinção entre a postura das prostitutas, garotas de programa e acompanhantes de luxo, sabem por quê? Porque, aparentemente a nomenclatura não diz nada, aparentemente eu sou a única acompanhante do país que exerce o seu direito de escolha, que faz sexo e recebe por ele por opção, por gosto e, consequentemente, não finge apreço, atração e, menos ainda orgasmo.
Então, podem me chamar de "puta" como os machistas rejeitados adoram chamar a mim ou a qualquer mulher que os "recuse". Eu não me importo, porque só quem sabe o quão diferente eu sou são os homens com os quais me relaciono sexualmente, os que passam pelo crivo da minha seletividade e os "engraçadinhos" ousados que insistem em me mandar mensagem e passar vergonha. 
Então, abaixo, segue este 1% cuja exposição ajuda a afugentar um pouco os demais bípedes circunstanciais, além de, obviamente, mostrar a quem quiser ver que, como diriam no RS, eu "mato a cobra e mostro o pau", ou seja, eu não minto em entrevistas. Na verdade eu não minto nunca.
Eu escolho sim e, mais: eu não me calo frente a homens nojentos!
Aceitem que dói menos e, por favor, passem bem longe desta mulher aqui que é, com certeza, a prostituta de luxo mais odiada do Brasil, mas, com certeza é a mais feliz, a que goza sempre e, sobretudo, a que nunca permitiu perder a dignidade apenas pelo vil metal.

1- Gosto de sexo? Sim, adoro! Gosto de falar sobre minhas predileções sexuais com homens em geral ou macho analfabeto funcional no WhatsApp? Não, não gosto! Tenho um site com informações:www.claudiademarchi.com.br🌹Meu WhatsApp existe para eu checar se a aparência, a abordagem e a educação do homem me despertam o interesse nele para combinarmos um encontro (ou não). Homem desse tipo aí? Licença, mas pra mim não é nem gente e eu não sou zoofilista.


2- “Você é grossa. Você humilha os ‘omi’!” Ah, tá! E isso aí é elegância e respeito?! Eu sendo cordata na “dispensa” e o macho querendo explicação, se fazendo de desentendido! Licença, baby! Mas se você não entende um fora elegantemente desenhado, então eu “emolduro” pra ti! 


3- Machos: se vocês usarem o cérebro, acessarem meu site (www.claudiademarchi.com.br) e pararem de achar que “acompanhante de luxo” é tudo igual e que “seletividade” é uma palavra que não se “aplica” na prática, mas que eu só uso em entrevistas, livros, textos e posts pra “pagar” de “diferentona”, o pinto de vocês não vai cair e “cês” vão parar de passar vergonha na minha frente. Obrigada! 

4- Homens analfabetos funcionais: lamentáveis! Misóginos, limitados e idiotas. Ignoram o que leem (se é que leem!), porque pensam que um sorriso afável e dinheiro “conquistam” todas, pois “puta é tudo igual”. Ha-Ha-Ha! Só lamento! Me menospreze e passe vergonha à vontade! To nem aí! 

5- Vai continuar querendo, meu senhor! Dispenso ser chamada de “linda”, “amor”, “gostosa”, “gata”, “tesão”, “delícia” e termos afins! Tenho um nome. Dispenso homem que acha que quando falo em seletividade eu estou mentindo, porque acha que “puta é tudo igual, só quer dinheiro”. Eu não! Eu quero homem bonito, elegante, eloquente, fino, educado e objetivo. O restante que me perdoe, mas “puta” não falta no mundo, pesquise e encontre uma do seu “tipo”! 

6- Ler uma matéria na internet, entrar no site e pegar o número do celular os machos burros fazem. Ler que é bom, nada! Vai passar vergonha, sim, meu bem, porque se eu disse na matéria que seleciono os homens com os quais me relaciono significa basicamente o seguinte: velho, feio, desrespeitoso, sem noção, burro, analfabeto funcional e inconveniente eu não aceito nem por R$ 1.000.000,00 o minuto. Anotem!

7- Elogio super “lugar comum”? Não me cativa, obrigada! Se eu me achasse feia não seria acompanhante de luxo e nem tiraria fotos “seminua” aqui no Instagram e nowww.claudiademarchi.com.br. Quer bater punheta? Falar de sexo e ter o ego massageado? Procura outra. Eu prefiro dormir à fazer isso, ainda que queiram me pagar. Pra esse tipo de coisa existem as “camgirls”. E eu não sou uma e nem quero ser. Obrigada. 

8- “Podeira me mandar ft do produto bb?” “P hojee” “Fts da pkk” “Ppk*” “Peitos”... Querem ler algo bem desagradável? Lá vai: na minha opinião a mulher que se diz “acompanhante de luxo” e dá atenção para esse “tipinho” energúmeno de macho ou está passando fome ou tem problemas seríssimos de cognição e ausência de amor próprio, enfim, deve achar que nasceu do lixo, porque, francamente!? Nem gente um cidadão desses é!


9- O analfabetismo funcional, a falta de leitura e de classe leva os “machos” a fazerem papel de ridículo, afinal, pra que acessar um site (www.claudiademarchi.com.br), ler e informar-se, né?! “Puta é tudo igual”, pensam os bípedes circunstanciais como esse daí... Só que não, parceiro! S-ó-q-u-e-n-ã-o! Eu só faço o que gosto, por um valor invariável (R$ 650,00 a hora), com homem que eu considere atraente e que seja educado, bem alfabetizado e dotado de bom senso a ponto de saber (quase) tudo a meu respeito!


10- Só me faltava sair respondendo aos “oi” e “olá” que alguns asnos que não sabem se comunicar direito me “mandam”. Meu número de telefone existe para agendar encontros se eu me interessar pelo cavalheiro que me contata. Não é pra bater papo, falar da vida, dar conselho e nada disso. Entendam!


11- Tem macho que acha que se ler, se informar e escrever direito o pau cai, porque só pode, né?! Ha-Ha-Ha!


12- “É um chamado...”. Ha-Ha-Ha! Chama a Samara, então meu amigo.


13- Não basta ser horrendo, tem que ser burro e/ou cego.


14- E a autoestima desses homens, hein?! A  maioria das mulheres precisa aprender com os machos a se amar tanto.


15- Bloqueei e tomei um antiácido na sequência.

16- Sérgio era bem bonitinho, mas perdeu a oportunidade por ser burrinho ou por estar mal-acostumado com as mulheres que fazem "esquema" com ele.

17- Sempre "deixe" para depois o que você "deseja" dizer ou "fazer" agora, quando o "agora" for madrugada, a menos, é claro que você precise da SAMU ou de um médico plantonista, caso em que deve procurá-los.

Eis que eu termino este texto dizendo que sim, eu sou um doce de mulher: carinhosa fina, elegante, discreta, educada, divertida, empática, inteligente, intensa, quentíssima e gostosíssima, para dizer pouco, MAS, não, eu não sou "pra qualquer um" e não, dinheiro não é "o problema" ou "a solução" para quem quer ter a minha companhia.
Eu sempre disse isso desde que fiquei famosa em maio de 2016! Não entende ou não acredita quem não quer, sinto muito, mas falta consideração, respeito e interpretação de texto para vocês. Como dizem os kardecistas: "quem não aprende pelo amor, aprende pela dor", logo, se você é incapaz de conhecer alguém lendo seus textos, site, livros e entrevistas, então aceite a sua "patada" e seja feliz.

Cláudia de Marchi
Brasília/DF, 13 de julho de 2018.

(Obs.: As legendas são as mesmas utilizadas nas postagens originais no meu Instagram.)