Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

terça-feira, 26 de abril de 2016

Aos amigos, ex-alunos, colegas e conhecidos de Sorriso/MT!

Aos amigos, ex-alunos, colegas sorrisenses!

Gente, as notícias voam, né?! Comecei dia 11, de fato, e Sorriso toda está sabendo! Eu fiz esse blog ainda aí, exclui, reabri, até que, realmente, decidi fazer isso, unir o prazer ao lucro! 
Confesso, eu sempre gostei de ser "a mulher" na cama, aquela que nenhum homem pode esquecer. E, realmente, sempre consegui isso. Meus ex, a maioria, ao menos, saíram da minha vida com um pé na bunda, mas sem esquecer da Cláudia, no sexo, ao menos. Gosto de ser o centro das atenções e o fato de todos estarem falando disso em Sorriso me deu um tesão desgraçado! Ha-Ha-Ha, to amando!
Enfim, comunico-lhes a todos que euzinha, Cláudia de Marchi estou ótima e fazendo o que adoro e, o que é melhor, recebendo por isso. Sou escort, cortesã, acompanhante de luxo e estou amando! A propósito, existiam e existem muitas opções, estou fazendo isso porque, realmente, ADORO e, principalmente, porque minha mamãe não só avalizou, como INCENTIVOU! E eu não quero relação séria nunca mais na vida, assim como JAMAIS transarei de graça novamente!
Tem quem ache que o sexo pago é premeditado, entediante, provavelmente porque nunca transou com a Simone, digo,  comigo, Claudia!
Não me incomodo com namorado grosso, inculto, egoísta, chato, nem com filhos e etc.. Também não me incomodo com colegas problemáticos e gente recalcada, não fico a madrugada trabalhando, não trabalho o dia inteiro para, à noite, transar com um namorado sexualmente inapto.
Ganho bem, durmo melhor ainda e tenho a cereja das relações que, pra mim, sempre foi o sexo!
Sim, eu gosto, gosto muito disso, se não gostasse a minha própria mãe não teria me incentivado a me tornar acompanhante de luxo. Ela sabe, aliás, quando esmorecia ela me impulsionava!
Com o que ganho, bancarei cursos de Psicanálise, Mestrado, ajudarei quem amo e, novamente, fazendo o que adoro e, modéstia a parte, sou inquestionavelmente boa.
Não estou roubando ninguém e nem estou transando de graça com homem cafajeste, coisa que nunca gostei e, quem me conhece sabe, praticamente nunca fiz.
Então, meus amores, a professora é acompanhante de luxo agora sim! Não precisa me ligar pra confirmar, é verdade!
Estou lendo, descansado e ficando cada vez mais linda, pois pretendo fazer isso pelos próximos 10 anos.
Estou conhecendo pessoas magnificas, pois, acreditem, apesar de eu achar super barato R$ 500,00 a hora, tem gente que acha caro, acreditam!? E meus clientes são lords, me fazem gozar mais do que qualquer namorado, estou recebendo pra ter orgasmos (Benzadeus, sempre tive facilidade nisso)!
Em suma, eu estou feliz, realizada! Mais feliz do que nunca estive e com um plus, eu tenho orgasmos e não ilusões. Ilusão do trabalho perfeito, do homem querido, do amor e etc.! Não tenho vergonha do que estou fazendo, do contrário a minha foto não estaria estampada em sites.
Não se preocupem e se quiserem falar mal, falem! Como diria o Mirosmar em cujo show estive quarta passada: “Vê se eu vou ficar nervoso com esse bando de invejoso que não tem freio na língua e o povo tá que fala, fala e nóis namora, fala que a fofoca deixa eu mais famoso ainda”. (Ha-Ha-Ha, citar o Zezé é pacabá, mas achei pertinente, afinal, sempre fui exibicionista e a fama me causa orgasmos mentais.)
No caso não é por inveja, talvez seja por curiosidade, alguns por maldade e outros por desocupação, mas, de toda forma, eu não me importo!
E se você estiver muito desapontado, triste, surpreso e etc., sinta-se à vontade pra me esquecer. Ha-Ha-Ha, pra mim não fará a mínima diferença!
Beijos de luz!
Cláudia de Marchi
Brasília/DF, 26 de abril de 2016.


Um comentário:

  1. Texto magnifico. Admiro a sua sinceridade sobre sua vida e sobre o assunto em questão. Você citou palavras valiosíssimas e sinceras. Amei seu blog. Faço a mesma coisa que você, mas de forma mais discreta e reservada por questões pessoais rs. Você é incrível. Sou de THE (PI).

    Capitu Navarro - capitunavarro@gmail.com

    ResponderExcluir