Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

quarta-feira, 27 de abril de 2016

SELFIES NUA- ESCLARECIMENTOS E UM COMPROMISSO- VARIAÇÃO DE CACHE (Ao final, após as fotos).

Gostosões e Gostosonas!

Leiam até o final, pois inseri didaticamente ao final algumas variáveis acerca de aspectos do meu cache.

Vim prestar esclarecimentos e assumir um compromisso. Muitos clientes reclamam do site que anunciei, este que me entrevistou e que, ao menos do meu anuncio, eu sou fã! Risos...
Seguinte, eu não conheço nada do meio, vim pra cá na cara e na raça e me desvencilhando de donos de sites pessimamente intencionados e que me cerceariam o lucro e a liberdade. Enfim, na fé publiquei no site cujo servidor foi mais educado e atencioso, os demais ou eram pérfidos ou exigiam fotos nuas com profissional e tal. Desses cheios de photoshop e “engana bobo”. (Acreditem, é o que mais, mais tem!).
Antes de seguir o assunto, gostaria de lhes dizer que muito do que se fala neste meio é mentira. Um Pub que fui apenas uma vez e detestei disse numa reportagem sobre a prostituição aqui no DF que exige exame de sangue das frequentadoras e, na mesma noticia, tem guria dizendo que ganha R$ 3.000,00! Gente!!! To no meio, a menina mais cara que vi cobra R$ 400,00 a hora ou R$ 800,00 duas horas.
Óbvio que tem as espertas e com senso crítico acerca de política mais light e que são as gurias "caça deputados" (elas estão certas, viu gente?! A "nojenta" sou eu que faço mais pelo prazer do que pela grana e estou me esquivando do Congresso) que recebem bons caches quando os congressistas querem “abrir a mão”, mas depois daquele domingo infame tenho poucos na lista dos que um dia hei de comer. (Quem come no sexo sou eu, a propósito!). Começo pelo gostoso e corajoso, carioca, Glauber Braga, meu divo dos desejos atualmente.
Aliás, tenho um novo cliente que atenderei nos próximos dias com aquele sotaque excitante dos cariocas, cruzes! Que delicia.
Claro, devem ter as pseudo-modelos que vem a passeio, essas usam o nome por terem saído em capas de revistas (tipo a “elegantíssima” Sexy...Risos...) ou por serem bailarinas de algum programa para ganhar, mas isso é um caso atípico e fora da rotina real. Portanto, duvidem do que leiam, do que é dito em entrevistas e tal?! As gurias aumentas seus louros e amenizam suas frustrações na carreira, não há tanto glamour assim tá?! Eu estou é tendo uma luz e uma sorte que NUNCA TIVE NA VIDA. Como se, desde sempre a vida me impulsionasse a isso e, eu, teimosa, me esquivada, mas quase muito tarde e graças a minha mãe percebi isso e, por misericórdia, de agora em diante tudo vem sendo doce, muito doce, melado, para lhes ser exata!
O macharedo que frequenta restaurante chique e toma whisky caro, chora feito bicho pra pagar míseros R$ 500,00 a hora. Até entendo eles, tem menina “de família” dando de graça pra mais de 5 homens por semana e, o que é pior, sem proteção. Então, compreendo. Mas, como devem saber se me acompanharam anteriormente, eu fujo de mimimi “você é cara e o Brasil esta em crise”! O corpo é meu, a atitude é minha e o negócio também, cobro quanto quero e em mim ninguém colocará preço. Acha caro? Tem outras, bonitas, gostosas e sacanas. Fácil, fácil, chorar pra mim e não falar nada o “não falar nada” é mais digno e apreciável!
Enfim, as fotos sensuais postadas lá no site e as distribuídas aqui são obra do meu amigo Roni Ribeiro Cruz, fotografo sorrisense ainda não profissional (apesar do talento) e de Sorriso.
As fotos que ele tirou, aquelas em que apareço toda no estilo “modelo” não tem recurso de aprimoramento de imagem (photoshop) e as minhas fotos nuas, como devem ter cansado de ver... Risos... São selfies amadoras.
Eu assumo o compromisso de fazer um ensaio super profissional para vocês, mas, espero que me compreendam: desde o dia 11 eu só tive tempo para ir ao salão fazer as unhas uma vez! Preciso descobrir o melhor salão daqui para mechas loiras platinadas, como são as minhas. E não me deixam em paz. Meu celular tá parecendo telefone de puta...Opa, não, péra! ...Risos... (muitos risos).
Preciso fazer massagem! O que farei amanha numa clinica, às 16 horas! Preciso de tempo para almoçar e encher a barriga sem me preocupar que um delicioso pênis na minha boca e garganta às 14 horas possam me fazer regurgitar, portanto, tenham paciência!
Eu não imaginava que em tão pouco tempo meu blog seria conhecido, que eu fosse parar no GP Guia, que eu teria tanta demanda, a ponto de recusar o 3º cliente diário (é por isso que peço que marquem com antecedência!Ok?!).
Exemplo disso é que o meu gotosíssimo segundo cliente, (aquele que atendi num hotel daqui da Asa Norte, no dia do meu aniver 12/04), tem a agenda super corrida! Tadinho, ele me liga para marcar o segundo encontro, sempre em cima do horário e ainda não conseguimos encontrar um horário em comum. Na penúltima vez eu estava no shopping me depilando e hoje não pude atender, estava atendendo.
Enfim, eu sei que tenho muito o que aprimorar no meu marketing pessoal. Como sabem, não farei fotos ginecológicas, porque acho brega e vulgar demais para o meu estilo de cortesã. Primo pela elegância e pelo surpreender com a putice após me despir a dois.
Parêntese: (Friso que estou aguardando ansiosa dois bem aventurados homens que me desejem ao mesmo tempo. Falava agora com um amigo marauense do qual sou fã e ele tem o mesmo desejo! Pena estar distante.  Não acho logica num ménage com duas mulheres se quem tem vários orifícios penetráveis somos nós e, via de regra, o homem, com muito esforço, só satisfaz uma. Dois homens e euzinha seria uma delicia!).
Enfim gente fina, elegante, sincera e tarada, já que o boi se foi com as cordas e todo mundo está ciente da minha radical e prazerosa (literalmente), mudança de vida, posto umas fotinhos que tirei aqui no meu apartamento outro dia.  Sem photoshop, como podem perceber pela péssima qualidade das selfies, mas, aos novos clientes será um alento: fotos aí, agora divirtam-se!





VARIAÇÃO DE CACHE:

A hora continua R$ 500,00 e a cada hora o valor dobra, por óbvio.
Clientes que desejarem minha companhia por toda uma noite deverão me pagar R$ 3.000,00.
Para viagens o valor será o equivalente há R$ 1.000,00 diários que é a média do meu rendimento. 

Um comentário: