Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

sábado, 21 de maio de 2016

Um surpreendente e encantador novo cliente: uma hora bem gozada!

Boa noite!!!! Então, meu cliente lord respondeu-me no WhatsApp e eu fui atende-lo no hotel em que esta hospedado. Um homem extremamente interessante! Conhecedor, coincidentemente, de todas as cidades em que morei é aquela em que nasci, a boa e velha Passo Fundo! Um homem de negócios, sem a arrogância que à muitos domina. De início, pareceu-me que ele desejava, além de me conhecer, me "salvar", sabem?! Aquele desejo que alguns têm, como se o que eu faço não fosse prazeroso ou, de fato, uma profissão permanente. Falamos sobre política, em que pese um ponto de vista aparentemente discordante, não achei as razões dele toscas, enfim, não me "broxou". Como sabem, se acaso isso ocorresse eu não ficaria lá até o encontro tornar-se sexual. Fiquei extremamente excitada com o primeiro beijo que ele me deu. Gostei dele, apesar de não ser jovem ou lindo. É charmoso, bem cuidado e aparenta ter uns 50 anos. Fiz sexo oral nele, depois anal, tirou a camisinha, para eu chupa-li mais. Nisso me masturbou com um dedo no ânus e outro na buceta. Gozei muito na mão dele e depois a lambi. Por fim ele gozou na minha garganta. Tomei um banho (sexo nem sempre é algo clean) e voltei para casa. Fiquei feliz, pois segundo ele a minha mamãe estava certa quanto a minha vocação para ser cortesã. Elogio lisonjeiro vindo de um homem vivido, sincero, espontâneo e, ao que vi, muito bem sucedido. Tal como alguns de meus clientes, pagou-me um pouco a mais pela hora (literalmente) gozada. Bem, agora vou ligar para saber se minha mamãe está boa. Ela extraiu 4 dentes hoje! Ainda bem que minha tia está em Sorriso para cuida-lá. Pedi um filé à parmegiana! Vou saborea-lo! Amanhã cedo vou a uma clínica tomar sol com fitas para fazer marquinha! Torço para que eu não sucumba à preguiça dominical. 

Um comentário:

  1. Simone boa noite!
    Sempre leio seu blog, SEMPRE!
    Concordo com algumas coisas e outras não.
    As que concordo realmente me dão um verdadeiro conselho. Enfim estou gostando neste ponto.
    Você tem algum e-mail?
    O meu é lucianonantes2000@hotmail.com

    ResponderExcluir