Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Sobre a noite de quinta-feira: NOOOOOSSSSAAAAAAAA!!!

Boa noite pessoas animadas!

É quase uma da manha e venho aqui lhes escrever!
Enfim, recebi aqui em casa às 21 horas pontualmente um homem de 39 anos, SOLTEIRO, bonito e da área de exatas.
Além de bonito, surpreendentemente e apesar de ele ser solteiro, o cliente...Nooooosssaaaaa: sexo oral incrível, capacidade para segurar o orgasmo igualmente incrível.
Falo "apesar" de ser solteiro, porque boa parte dos clientes solteiros são frustrantes. Sobretudo se tiverem menos de 40 anos! 
E, além de tudo, simpatiza com gatos! O Zeus gostou dele e o Pequeno Bolota foi educado: ficou em cima da geladeira e não invadiu o quarto. Zeus até que foi, mas com seu jeito meigo e lord de costume. Sem miar ou ser desagradável.
Após quase uma hora de penetração oscilando entre o acelerado e o calmo, romântico com ele sobre mim, após eu gozar mais de 50 vezes, ele gozou! Estávamos literalmente derretendo. Tanto que tive que tirar as lentes de contato agora, pois o suor que acidentalmente caiu nos meus olhos as fez ressecarem.
Fizemos um pouco de anal, mas meu belo e apertado ânus segurou a camisinha ao contrair... Risos... Ele tirou, descansou e recomeçamos, mas ele gostou de comer minha buceta! E eu gostei da anatomia dele. Então, assim foi por muito tempo.
Tomamos banho juntos e, após um tempo, recomeçamos. Ele descobriu meu ponto de SQUIRTING e... Assim foi! Quando estava vestido, pronto para ir embora, recomeçamos! Pegou-me de quatro, mas desta vez não gozou! Haja folego!
Eis que assim finda a minha quinta-feira!
Vou dormir o sono dos juntos e dos que muito gozaram nesta noite que, na verdade, findou!
Beijos de luz!

2 comentários:

  1. Oi, interessantíssimo seu ponto. Realmente homens solteiros e novos não fazem muita coisa, rs rs. Estou enrolado (morando junto mas sem casar) a pouco tempo e já percebo o quanto meu "nivel sexual" melhorou, principalmente no sexo oral e em deixar a mulher com excitada. Já pensei sobre isso, tive desempenho horríveis no passado e hoje até compreendo por que que as prendas não quiseram repetir a dose kkkkk
    PS: Tenho 22 anos e acesso seu blog todos os dias, adoro suas postagens. Estou torcendo pelo projeto que você falou no outro post, sobre os esclarecimentos com as prostitutas mais marginalizadas em nossa sociedade.
    PS2: Estou ansioso por uma história sua com um casal, tomara que apareça alguém logo :D
    Beijos, boa sexta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O primeiro passo para o aprimoramento é a vontade! Estando em uma união estável (nome dado ao "morar" junto sem casar) há vontade de agradar a parceira e, com isso, você se aprimora! Parabéns! Estou aguardando também, sigas acompanhando que tu saberás quando eu tiver experiência com casal! Beijos!

      Excluir