Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Duas horas e overdoses de squirts!

Boa noite gente linda!
Hoje minha manha foi de estética: depilação e unhas, tudo lá no Boulevard, pois também precisava fazer umas compras e colocar uns substabelecimentos e contrato de honorários nos Correios para remeter a uma colega do RS. Sou contra advogar em causa própria, ademais, não tarda para o meu licenciamento sair.
Após fui ao banco transferir minha conta para Brasília e fazer depósito. À noite tinha um cliente com quem ficaria por duas horas, todavia houve um imprevisto e ele teve que voltar ao seu estado.
Todavia, em torno de 18 horas um simpático paulistano me contatou. Cheguei pontualmente às 21 horas ao hotel, mas a tradicional burocracia do “estabelecimento” atrasou minha “subida”.
Chegando lá encontro um simpático loiro, gordinho, rosto bonito, alegre e com excelente pegada. No inicio creio que ele pensou que eu fosse dessas rápidas, porque perguntei se ele tinha camisinha e já coloquei as que levei ao lado da cama... Risos... Na verdade, não sou NADA apressada, mas prevenida, acho muito deselegante a cena da “caça à camisinha”...Risos... Fato é que tudo foi bem mais perfeito e fora do comum do que pensei!
Ele me beijou, me tocou, me levou até a janela e então começou a me masturbar. Janela totalmente aberta! Pedi pra ele colocar o dedo mais dentro e gozei rapidamente, então ele tirou minha calcinha, chupou meus seios e me colocou de quatro numa poltrona e me masturbou mais e mais e mais e eu gozava, gozava, gozava! Fiz tantos squirts que a poltrona forrada com couro ficou lavada.
Após, levou-me a cama, e continuou a me levar à loucura! Ele ficou sem tirar a roupa uma hora! Só me fazendo gozar! Lavei os lençóis e ele não parava de se dedicar à mim. Então fizemos um intervalo, conversamos sobre politica, humor, Porta dos Fundos, radicalismo midiático e coisas afins!
Demos boas risadas e, após, recomeçamos! Chupei-o, ele me masturbava, eu a ele, tudo sem pressa e ele totalmente entregue ao meu prazer. Ao final ele gozou na minha boca! Enchi a boca, mostrei e engoli tudinho! Delícia as duas horas que passamos juntos!
Após conversamos um pouco mais! Se dependesse de mim ficaria mais horas conversando com ele! Eu tenho realmente a mais assertiva intuição para clientes, os melhores e a melhor profissão do mundo!
Agora vou assistir algo na televisão, amanha pela manha devo ir ao Conjunto Nacional com minha mãe!

Beijos de luz pra vocês!

3 comentários:

  1. Olá td bem? Adorei o seu blog,seus artigos enfim,gostaria de te pedir uma opinião se for possível,eu me envolvi com uma acompanhante,passei a gostar dela de verdade,são quatros anos que sou cliente e por diversas vezes misturei as coisas por conta do sentimento agindo como se fosse namorado dela,todavia ela sempre me desculpou e nunca me cortou ou se afastou de mim,ela joga limpo comigo e sempre deixa claro que não sente o mesmo por mim mas me garantiu que tem um imenso carinho por mim e confiança tanto que já tem um bom tempo que frequento a casa dela quando solicito o atendimento.Sempre tratei e trato ela muito bem com muito carinho e respeito,te confesso que amo ela,pois para mim é a mulher mais incrível do planeta,tudo nela eu gosto,tenho muita afinidade mesmo.Fica um conflito muito grande em minha mente pq eu queria saber se de fato ela tem esse carinho por mim mesmo ou se ela relevou quando misturei as coisas pelo fato de eu ser um cliente fiel o que financeiramente prevalece,vc pode me ajudar,pode me conceder uma opinião? Desde já te agradeço,fica com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não a conheço, não conheço você, mas creio que no fundo você saiba a resposta. A gente sempre sabe, mas nem sempre quer ver. Faça as suas escolhas, seja transparente e feliz! Boa sorte.

      Excluir
  2. Realmente você tem toda razão,no fundo eu tenho essa resposta,o problema é que não quero enxergar,fico me prendendo a essa ilusão e tentando obter opiniões na tentativa de escutar algo positivo.Te agradeço,muito obrigado pela atenção,que Deus te ilumine sempre.

    ResponderExcluir