Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Terça-feira: cliente novo, gostoso, bem dotado e um intenso anal!

Boa tarde povo lindo!!!

Cá estou, aliviada! Antes de eu e minha mãe sairmos um pouco não localizamos meu baby Pequeno Bolota! Como Zeus tem raça e uma postura mais “lord” ele não nos causa preocupação, já o irmão adotivo é sapeca!
Vive andando pelas janelas e, como moramos no segundo andar,  nos preocupamos que ele caia. Fui até falar com o porteiro atrás dele, mas não tinha visto nada! Então, chegamos e fiz o velho truque de mexer no prato de comida! Eis que vem Zeus na frente e ele atrás. Reviramos o apartamento, mas, pelo visto ele fez um esconderijo muito eficiente para nos assustar!
Enfim, este é o dia mais light dos últimos 15 dias! Sem muita “muvuca” por conta da mudança! Benzadeus! Logo o proprietário do apartamento virá instalar uma porta na sala de TV juntamente com o profissional vidraceiro que fará o serviço. E creio que seja a última “visita” não profissional da semana!
Sobre isso... Sobre minha deliciosa profissão! Atendi hoje pela manha a um cliente novo! Imensamente gostoso! Alto, forte, bom de pegada, lindos olhos claros, sensacional! E do meio jurídico, inclusive. Com 38 anos aparentava 30! Não tem filhos, segundo ele (e eu) eis a razão da “conservação” estética do moço!
Levei-o ao meu quarto e lá nos beijamos! Uau, que beijo! Chupou-me ainda de pé após tirar meu vestido, colocou-me na beira da cama e continuou a me chupar. Uma delícia! Deixou-me louca de tesão! Despiu-se e partimos para um 69! Gozei algumas vezes na boca dele... Aliás, ele era robusto, forte e bonito lá “embaixo” também!... Risos...
Após, colocou a camisinha e comeu minha buceta de todas as formas, parou para secar o suor e conversamos um pouco. Gozei incontáveis vezes! Tocou-me, sentiu eu gozar e apertar seus dedos, colocou outra camisinha (ele mesmo trouxe, a Prudence extra grande...Uiii!) me fez gozar mais uma vez e então colocou aquele pau inteiro no meu cu! Uau, gozei de molhar minha cama!
Agora, morando com a mãe o squirt dá uma vergonhazinha! ... Risos... Ele meteu comigo quase de quatro, porém de lado, depois comigo de costas! Bem no fundo, uau! Gozei mais umas 5 vezes e, então ele gozou!
Ao contrário de muitas mulheres eu gozo muito no anal, inclusive com homens bem dotados. Mas, convenhamos: antes disso ele havia me feito gozar várias vezes no oral e no sexo vaginal! Quando foi meter no meu cu ele estava relaxado como uma vagina! Risos... É tudo uma questão de saber foder, amiguinho! E, claro, de ter a sorte de ter uma parceira que goza, goza, goza muito facilmente! (#ficaadica).
Foi para o banho, pagou com cartão de débito e foi! Fui, após para um delicioso banho após estar incrivelmente saciada. Eu estava com sono, pois acordei 06 horas para ir me depilar e fazer massagem, peguei um dos travesseiros, tapei a região molhada da cama e dormi um sono profundo das 11 às 13 horas! Risos...
Bem, agora vou fazer um lanche e procurar algo para fazer no apartamento enquanto não chega o cidadão da vidraçaria instalar a porta.

Beijos de luz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário