Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Terça de sono, cliente gostoso e boa notícia: entrevista ao Projeto Lupa! Acessem: http://www.projetolupa.com/feed/claudia-de-marchi

Boa tarde gente bela!
Depois de uma segunda tranquila e boa a terça foi quase igual, porém com sono e cólica!
Minha tia foi viajar às 04 horas da manha! E eu fiquei até às 02 assistindo filmes! 
Nossa, eu não sou acostumada a dormir pouco. Pela manha parecia que tinha uma banda cover da Calipso tocando na minha cabeça! Risos... Precisei dormir para melhorar.
Então, um cliente me contatou. Infelizmente, dias atrás tinha compromisso e não pude atendê-lo, hoje, após um bom café, consegui um tempo para revê-lo! 
Ele é gordinho e extremamente gostoso de língua, dedos ao pau! 
Na correria para recebe-lo não achei uma calcinha para colocar, então o recebi só de vestido e salto. Beijos após ele tirou meu vestido, ergueu minhas pernas e me chupou! Deliciosamente! Então eu o chupei, esfreguei meu corpo contra o dele, gozei sobre ele, então colocamos a camisinha e transamos! Primeiro ele ficou sobre mim, depois comeu minha buceta de quatro. Então comeu meu cu de lado e, após, de quatro eu fiz uns dois squirts com ele me comendo de quatro! Uma delícia!
Em seguida conversamos e recomeçamos! Ele me disse que me achou mais solta desta vez... Se a primeira é boa as segundas e demais costumam ser melhores, eu sempre disse isso! Risos...
Ao final ele gozou na minha boca, tomou um banho e foi!
Infelizmente, durante o tempo que estivemos juntos uma cólica me assolou! Ele me ajudou um pouco passando a mão da minha barriga e a aquecendo. Cólica menstrual! Nunca experimentei na vida! Como pode ser tão infernal?
Tão logo ele foi embora, tomei um remédio e dormi com o Zeus por algumas duas horas! Acordei louca de fome, almocei e, então, verifiquei que minha tese de ontem estava certa, vejam o teor da ameaça ridícula enviada para mim hoje: 



Esse povo medíocre ficou ofendido com a piadinha sobra a AERC- Associação dos Ex Rejeitados da Cláudia. Deduzo, na verdade que seja uma sociedade, pois só tive dois parceiros realmente mentecaptos a tal ponto. E ambos rejeitados lindamente, por razões semelhantes. 
Bem, mas vamos falar de coisas boas e projetos inteligentes!
Lembram-se da entrevista que dei recentemente para o Projeto Lupa! Ela saiu e ficou sensacional! Deixo o link em homenagem a jornalista Thaís Antônio e á fotográfa Janine Moraes! Acessem: http://www.projetolupa.com/feed/claudia-de-marchi
Vou organizar um artigo que estou escrevendo!
Beijos de luz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário