Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

domingo, 18 de dezembro de 2016

De volta de uma viagem perfeita com muita animação e boas energias para a semana que inicia!

Boa noite gente linda, gostosa e de bem com a vida!
Enfim, hoje à tarde voltei de GO. Fomos ao Rio Quente Resorts e ficamos num dos hotéis/pousadas confortabilíssimos, inclusive com duas camas de casal no quarto! Dava para gozar, umedecer e sujar uma cama e dormir noutra! Achamos um espetáculo!
A viagem foi uma delícia completa. Com direito a sexo oral com o parceiro dirigindo e, na volta, uns orgasmos intensos com ele me masturbando, afinal, tanto na ida quanto na volta eu estava sem calcinha. 
As piscinas de águas mornas são uma delícia! O cliente que, praticamente, se tornou um amigo, é um lord, além de lindo. Sincero, cavalheiro, educadíssimo, solteiro, seletivo e um ser humano muito especial. Foi bastante regozijador conhecer melhor uma pessoa assim, dessas que nos mostram que o mundo não está perdido e que não é toda a raça humana que precisa de recall.
Chegando lá e antes de almoçarmos transamos muito e intensamente e ele gozou na minha boca, fazendo-me o favor de diminuir o apetite que eu tinha pelo gosto dele e a fome típica do horário. Após, fomos para as piscinas quentes onde somente hóspedes do resort podem frequentar. Ele me ensinou a mergulhar direito e ainda me acompanhou, apesar de ser branquinho, em alguns minutos ao sol. Contei-lhe umas piadas para passar mais rápido o tempo (Cláudia não é só sexo e papo culto, é comédia também!).
Após, fomos para a água, bebemos, conversamos, nos beijamos, nos excitamos e rimos muito até tarde! 
Abaixo foto da vista de onde ficamos:

Está viagem me fez bem, pois sei que passarei o final de ano longe de meu pai e irmã, então fica meio sem graça, mas voltei a mil do belo Goiás!
À noite e pela manha transamos intensamente de novo. Ontem não chegamos a tomar uma espumante inteira, mas eu apaguei na "cama do sexo" enquanto ele tomava uma ducha. Então, ele me pegou no colo e colocou-me ao seu lado. Uma fofura de pessoa! 
Nessas horas agradeço a Kroton e Unic/Sorriso pela minha injustificável demissão: não fosse a revolta que me impulsionou a mudar para está nova vida, eu jamais conheceria pessoas especiais e um mundo de liberdade, amor próprio e independência psíquica!
Não quis atender ninguém hoje, dormi por horas, depois pedalei uma hora e fui para o banho. 
Estou organizando os planos semanais, amanha à tarde tenho dentista e uma visita a um novo tatuador lá no Conjunto Nacional. Curti o trabalho, o preço e estou com umas ideias que são bem legais, espero que quem venha a vê-las goste! Ou melhor, não espero não, eu gostando me basta...Risos...
Bem, vou ler um pouco e descansar a beleza, pois, como diz minha mãe: "sono e cremes são essenciais para você manter sua pele de bebê!". Minha mãe é uma linda!
Beijos de luz e bom início de semana à todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário