Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Segunda-feira com 3 horas magníficas e orgasmos múltiplos com um assíduocliente!

Boa tarde belas pessoas!
Tive um esplendoroso início de semana! Ontem, domingo, me dediquei a assistir seriado e descansar, tomar um vinho, dormir e cuidar da pele.
Um magnífico homem, já conhecido como cliente havia marcado antes do final de semana passado para hoje às 14 horas. 
Outro cidadão, porém de fora do DF, educadíssimo, havia marcado para hoje à noite no hotel em que está, todavia, desmarcou mais tarde, posto que além da reunião, surgiu um jantar de negócios.
Bem, eis que ele chega no horário marcado com um presente: um box da minha eterna série favorita, House M.D! Fiquei nas nuvens! Ele também me presenteou com umas "coisinhas" que graças a profissão dele, ele pode me dar e eu precisava.
A gente entrou em ebulição no quarto! Tesão a mil! Nos despimos, ele me masturbou e já me fez gozar, após eu o chupei e, depois, ele me chupou muito!
Ficamos nas preliminares por um bom tempo até colocarmos a camisinha e ele me fazer gozar de todas as formas possíveis. Comigo sobre ele, depois de quatro, sobre mim deitado, após de frente sobre mim. E eu apertando aquele corpo belíssimo que ele tem. Gozei tanto que tive que trocar o cobre leito e o lençol e o colchão continuou molhado. 
Após, banhados de suor, ficamos de lado e eu coloquei o pau dele no meu cuzinho que ele comeu inteiro, me fazendo gozar incontáveis vezes! 
Depois de tudo eu precisava de uma ducha! Tomei e voltei, tomamos uma água e depois ele tomou uma ducha. Conversamos, demos risada e, logo recomeçamos insanamente. Gozei mais incontáveis vezes com ele se esfregando em mim e me masturbando. Um bom tempo depois, eu chupei as bolas dele e ele se masturbou até gozar e eu engolir tudo!
Ficamos deitados, exaustos e novamente derretidos de suor, além de prazer. Dei-lhe um bombom e fui para o banho. Agora estou descansando. 
Após ele ir embora tive alguns contatos educados querendo atendimento hoje, mas eu não conseguiria atender com a qualidade que prezo depois de, basicamente, 3 horas de sexo intenso! 
Agora curtirei o dolce far niente junto com meus gatinhos! 
Beijos de luz e que todos tenham um início de semana tão gostoso quanto o meu!
Eternamente grata por este presente e pelo belo e autêntico cartão!


Um comentário: