Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

quinta-feira, 9 de março de 2017

Final da tarde de quinta-feira despudorado com direito a gozada na cara! (A-d-o-r-o!).

Boa tarde pessoas!
Eis-me aqui de pernas bambas após atender a um novo cliente de SP que ouviu falar de mim através do UOL e, após, como inteligente que é, acessou meu site.
Um belo homem, bem trajado, beijo explosivo, boa pegada!
Tarado no melhor sentido do termo: tarado por sexo, como eu!
Despiu-se, me masturbou, me chupou até fazer-me gozar na sua boca! Depois, num 69 me chupou e metia os dedos no meu cuzinho, Fiz um squirt na boca e peito dele!
Depois ele me fez fazer outros, vários squirts!
Tarado por anal, como eu! Colocou a camisinha, bombou gostoso na minha boceta, depois virei de costas e ele me enrabou, gozei de jorrar nos meus lençóis!
A seguir ele tirou a camisinha e eu cai de boca! Encheu minha boca de porra, engoli tudo!
Seguimos conversando e ele me tocando. Falamos das safadezas que gostamos e ele falou em gozar na cara, disse-lhe que isso aconteceu uma ou duas vezes no máximo comigo e eu a-d-o-r-o!
Então, ficou de pé e tentou, estava suado, então fomos para o chuveiro.
Empinei minha bunda para ele olhar para o cuzinho e boceta que recém havia comido, não tardou para ele mandar eu abaixar e jorrou porra na minha cara inteira! O restinho eu chupei, deixei-o limpinho!
Lavei meu rosto, nos beijamos e, após ele ir, tão feliz quanto eu fiquei, retomei minhas leituras e me alimentei, pois gozo não faltou nesta transa. 
Ele me disse que se fosse casado com uma mulher como eu treparíamos o dia inteiro! Risos... Uau! Uma ideia apetitosa! Não tenho limites para o sexo, adoraria ter um bom macho para me comer à vontade e a qualquer hora! Uiii!
Vou descansar excitada!
Beijos de luz!

7 comentários:

  1. Cara Cláudia.
    Quem escreve é o seu cliente do dia de finados. Ao ler este post, me veio duas sensações curiosas, um desvaneio adolescente e a de ser um privilegiado.
    O desvaneio é pelo fato de quando eu estava lendo este seu texto, senti um grau de excitação tão grande que quase melei minha cueca e minha calça imaginando seu rosto em frente a minha genitála. Coisa típica de quem ainda está nesta faixa etária.
    Quando ao privilégio, no post você cita que apenas por uma ou duas vezes alguém melou seu rosto. Então o grande privilégio que eu tive foi ser o primeiro ou o segundo a ter este prazer, como o post de 06/11/2016, lembra que até seu olho eu atingi, tamanho o tesão que eu me encontrava.
    Esperando brevemente poder dividir os lençóis com você mais uma vez em mais uma insana troca de fluídos, com direito a você me lambuzar todo com seu squirt e logo após eu novamente despejar toda minha porra na sua cara, só peço que desta vez você feche os olhos
    Um grande abraço.
    Cliente do dia de finados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu cliente delicioso do dia de finados!
      Fostes o primeiro!
      Ansiosa, de coração e corpo para revê-lo!
      És fabuloso!
      Beijos ardentes!

      Excluir
  2. Cara Cláudia.
    È com muita honra e orgulho que li sua resposta, quer dizer que fui o primeiro a lambuzar seu rosto com porra. Fico imensamente feliz em saber disso, que apenas de escrever estas palavras estou ficando excitado.
    Este mundo novo realmente é fantástico, para um cara completamente tímido, de poucos atributos de beleza,ter sido o pioneiro neste ato, me envaidece muito, pois parecemos viver em uma época em que os falastrões histriônicos parecem estar cada vez em mais alta, eu um cidadão pouco falante ,consegue isto. Sinceramente me faz pensar que o mundo não será salvo pelos que adoram uivar suas ideias , a maioria delas sem qualquer sentido,mas poderá ser melhorado por alguns atos, pois as grandes revoluções do mundo atual não forma feitas por gente como Feliciano, Malafaia, Bolsonaro, Trump e mesmo você sendo de esquerda, tenho de acrescentar aqui Lula, Chavez e Fidel nesta relação e sim por pessoas tímidas com grandes ideais e criatividade aguçada como Steve Jobs, Mark Zukemberg, Bill Gates e Barack Obama.
    Espernado vê-la em breve para mais uma sessão de prazer e cultura das melhores.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Tu és simplesmente demais! Em todos os aspectos: sexuais, afetivos e intelectuais! Fiquei excitada ao ler-te! Este mundo é demais!Um grande beijo seu gostoso! Sinta-de acarinhado! Beijos!

      Excluir
  3. Cara Cláudia
    Para finalizar, ainda no bom sentido, este seu cliente desta data, devido sua imensa e justificada fama e este post, creio eu não será o último a realizar tal ato.
    Esperando muito ser um dos próximos a realizar tal feito de finalizar em outro sentido, um grande e melado abraço.

    ResponderExcluir