Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

terça-feira, 28 de março de 2017

Sobre o SUCESSO do Café Filosófico em BC, algumas fotos e o aprendizado advindo do melhor recesso que tive: SOZINHA EM JURERÊ!

Boa noite gente linda!
Voltei!
Feliz, realizada e bronzeada! O Café Filosófico foi SENSACIONAL! Um sucesso, interação até quase 03 horas da manha! Tendo iniciado em torno de 20h30min.! Foi lindo! O pessoal do Lote 84 de BC e meu ex-colega Paulo arrasaram! 
Eis duas fotos!


......
....
...
..
.

Sobre Jurerê e o melhor recesso que tive até hoje: perfeito! 
Aprendi em alguns poucos dias de praia sozinha aprendi que eu não perdi a mania magnífica de me divertir sozinha (praticamente mais do que acompanhada!), adoro o silêncio e a "voz" dos meus pensamentos.
Aprendi que paulistano classe média é o cidadão melhor informado que encontrei, que tem cidadão virando motorista de Uber pra trair a esposa, que tem mulher seduzindo motorista de Uber pra transar, que ninguém deve opinar sobre preconceito que não sofre, que o poliamor entre pessoas maduras pode dar certo, que a monogamia sustentada com base na mentira e na ausência de brio é a base da "família tradicional brasileira" (isso eu acho que nasci sabendo...), que carência e falta de amor próprio em nada se relacionam com o sexo do indivíduo (quanto macho carente e procurando relacionamento com zero seletividade!).
Descobri que onde quer que eu vá vai ter "omi" fazendo "omice" (veja, não falo de homens com "h" maiúsculo e respeito ao próximo), ou seja, se fazendo de desentendido e gastando dinheiro à toa com bebida pra me "pegar" de graça e massagear o ego (foco no termo "à toa"!).
Novamente confirmei que eu continuo sendo uma catalisadora de sociopatas, o que é interessante para meus estudos acerca da personalidade humana e, também reafirmei que ego de homem-cis- hetero-branco-elitista é mais frágil do que as minhas unhas e que as mulheres só terão vencido na vida quando aprenderem com os machos o que eles melhor nos ensinam cotidianamente: a sermos unidas!
Enfim, descansei, me diverti e estou realizada!
Fotinhos para quem não me segue nas redes sociais:















Beijos de luz gente de luz! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário