Sobre o pálido ponto azul.

Sobre o pálido ponto azul.
"Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, "superastros", "líderes supremos", todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali - num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (...)" Carl Sagan

sexta-feira, 23 de março de 2018

Um segundo encontro excelente para começar a sexta-feira com chave de ouro!

Bom dia lindas pessoas!
Tive um reencontro agradabilíssimo agora há pouco!
Padeci com cólicas desde quarta-feira, mas, finalmente, a "fase ruim" passou! Usei o coletor menstrual da Prudence para evitar qualquer inconveniente.
Não tive tempo de organizar direito a casa, porque meus gatinhos estavam agitados: um para eu limpar os olhos, outro porque queria a caixinha de areia limpa. Enfim, fiz tudo às pressas para receber meu lindo e adorável cliente.
Curtimos cada minuto entre beijos, carícias, sexo oral e tudo o que tínhamos direito! Deixei os preservativos que ele trouxe no último encontro ao lado da cama. Gozei muitas vezes com ele na minha boceta e molhei minhas coxas com squirts quando ele metia no meu cuzinho de costas. Ele gozou também!
Depois conversamos sobre a gravação do Superpop que irá ao ar quarta-feira que vem, dia 28/03, dentre vários assuntos! Enfim, era o que eu precisava para começar bem a minha sexta-feira sozinha, já que mamãe está no RS.
Bem, vou descansar um pouco e, após, ir almoçar!
Bom final de semana à todos!
Beijos de luz!

2 comentários:

  1. Meu relato:
    *Um segundo encontro excelente para começar a sexta-feira com chave de ouro!*
    Bom dia lindas pessoas!
    Tive um reencontro agradabilíssimo agora há pouco!
    Tivemos que adiar nosso encontro pois ela padeceu com cólicas desde quarta-feira, mas, finalmente, a "fase ruim" passou! Ela precisou usar o coletor menstrual da Prudence para evitar qualquer inconveniente e realmente funcionou muito bem, pois em nada comprometeu nosso encontro, seja no sexo oral ou na penetração.
    Ela estava linda, como sempre, para me receber. Usava um vestido colado azul e estava sem calcinha. Nos beijamos e rapidamente lembrei por que nossa química funciona tão bem. Ela estava super perfumada (Good Girl Carolina Herrera), uma delicia. Antes de prosseguirmos, me alertou para tirar a roupa e evitar que o perfume impregnasse minha roupa (até nisso ela é cuidadosa)
    Curtimos cada minuto entre beijos, carícias, sexo oral e tudo o que tínhamos direito! Ela deixou os preservativos que eu havia levado no último encontro ao lado da cama. Já deitados, beijei cada parte do seu corpo. Boca, pescoço, barriga, pernas, chegando até aos pés. Beija-se com prazer os pés de uma rainha. Depois subi e comecei a chupar sua boceta cheirosa e já molhada. Ela pediu para ser comida, pegou o preservativo e meti gostoso, sentindo sua boceta apertada e muito molhada. Ela gozou muitas vezes e molhou suas coxas com squirts quando comecei a meter no seu cuzinho de costas. Não quis segurar pois queria muito gozar naquela bundinha deliciosa!
    Depois conversamos sobre a gravação do Superpop que irá ao ar quarta-feira que vem, dia 28/03, dentre vários assuntos! Após muito papo bom (sempre bom perceber que não precisamos concordar em tudo para admirar uma pessoa inteligente), ficamos abraçados, eu sentido seu cheiro e sua pele. Comecei novamente a acariciá-la e a tocá-la intimamente. Ela de molhou em squirts e gozou. Pediu para comê-la novamente, mas falei para ela me chupar, o que ela fez deliciosamente, engolindo todo meu pau. O tempo não permitiria que continuássemos e encerramos com alguns beijos deliciosos. Tomei um banho e deixei um envelope com o combinado no criado mudo, com um recadinho carinhoso para ela. Ela é mesmo um encanto! Enfim, era o que eu precisava para começar bem a minha sexta-feira de folga.
    Bem, vou descansar um pouco e, após, ir almoçar!
    Bom final de semana à todos!
    Beijos de luz!
    ����������
    ����������

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem palavras!
      Um homem especial.
      Um homem que merece a minha companhia, humor, alegria e prazer!
      Tu és especial!
      Beijos!

      Excluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.